Jorge denuncia irmão gêmeo Miguel e ele é afastado do tratamento de Luciana

Jorge denuncia irmão gêmeo Miguel e ele é afastado do tratamento de Luciana

Miguel então descobre estarrecido que se trata de uma queixa de assédio a uma paciente

O repentino convite para comparecer à sala do Dr. Moretti deixa Miguel preocupado. O neurocirurgião está sério e, por isso, vai direto ao ponto: ?Tenho uma queixa contra você?. Miguel não compreende. ?Deve existir algum engano nisso tudo?, pergunta Miguel, intrigadíssimo. Mas Moretti não está de brincadeira e, ainda que confie plenamente em Miguel, se mostra bastante preocupado com os desdobramentos do fato, com a carreira de seu assistente e com a repercussão para o hospital.

Mas quem teria feito queixa de Miguel? E por quê?

Miguel então descobre estarrecido que se trata de uma queixa de assédio a uma paciente: Luciana. ?Mas que absurdo!?, indigna-se. E fica mais enlouquecido quando descobre que o autor da denuncia que pode cassar seu diploma é ninguém menos que seu próprio irmão.

Nessa hora, Moretti abre a porta e deixa que Jorge entre. Os dois ficam cara a cara e, imediatamente, começam o bate-boca, tendo Moretti como um misto de intermediador e juiz de boxe. Nervos exaltados, os irmãos só faltam se agredir fisicamente e lavam a roupa suja, cada qual defendendo seu ponto de vista, Depois de ouvir tudo e pondera, Moretti resolve decidir. Ele chama a secretária e dita o memorando, que tem força de decreto-lei.



A partir daquela data, o dr. Neto passa provisoriamente a cuidar do atendimento domiciliar de Luciana enquanto Miguel assume a chefia da pesquisa de célula-tronco. Assim crê apaziguar os ânimos de Jorge ? um ciumento patológico, como vai se referir a ele mais tarde ?, e impedi-lo de levar essa história adiante. E dar um freio a Miguel para que não termine por confundir trabalho e vida pessoal. E estamos entendidos.

Fonte: Globo, www.globo.com