Jovem é aprovada em medicina por 4 universidades

Jovem é aprovada em medicina por 4 universidades

Este foi o segundo ano consecutivo que Bárbara brigou por uma vaga nos vestibulares

A estudante Bárbara Ferrarezi, de 18 anos, está radiante. O esforço que fez no ano passado, alternando os estudos e o trabalho na banca de doces da mãe, em Campinas, no interior de São Paulo, deu resultado.

Ela foi aprovada no curso de medicina por quatro instituições públicas: Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Faculdade de Medicina de Marília (Famema).

?A sensação é de missão cumprida. Estou muito feliz porque sempre quis ser médica?, conta Bárbara, que já fez sua escolha: vai estudar na Unicamp. ?É a melhor alternativa porque não preciso mudar de cidade, além de ser uma excelente universidade?, diz.

Bárbara estudou em colégio estadual durante o ensino fundamental. Quando chegou ao nível médio, os pais da jovem, João Francisco Ferrarezi e Beatriz Ferrarezi, matricularam a filha em um colégio particular. O pai de Bárbara é taxista e a mãe tem um comércio de doces. ?Eu ficava algumas horas na loja ajudando, mas estudava todos os dias?, conta.

Além das instituições onde foi aprovada, ela também fez provas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), que ainda vão divulgar seus resultados. ?Mesmo que passe em alguma dessas duas, não vou mudar minha escolha".

Este foi o segundo ano consecutivo que Bárbara brigou por uma vaga nos vestibulares da USP e da Unicamp.

Fonte: g1, www.g1.com.br