Jovem tem mal de parkinson aos 23 anos

Jovem tem mal de parkinson aos 23 anos

John Crossley-Stanbury começou a sentir os sintomas quatro anos antes

Um britânico de apenas 23 anos, que sempre teve um estilo de vida saudável, foi diagnosticado com Parkinson - uma doença progressiva e incurável mais comum em pessoas idosas.

John Crossley-Stanbury notou os primeiros tremores em um dedo da mão aos 19 anos, mas ignorou o problema, pensando tratar-se apenas de algo local, em um nervo da mão.

Dois anos depois, após uma consulta com o clínico-geral, Stanbury foi encaminhado para um neurologista. Mas o especialista afirmou que o problema não era grave.

No entanto, mais dois anos se passaram e, após uma série de exames pedidos pelos médicos, o jovem recebeu o diagnóstico de Parkinson.

As pessoas diagnosticadas com a doença têm falta de dopamina, uma substância que permite o envio de informações das células nervosas a outras células. Os sintomas incluem, além de tremores, rigidez dos músculos e dificuldade de locomoção.

"Meu neurologista fez certo ao fazer exames para todas as outras possibilidades", disse Stanbury, hoje com 26 anos e morador do condado de South Yorkshire, no centro-norte da Inglaterra.

"Acho que minha idade tornou o diagnóstico mais lento. Todos pensam que é uma doença de idosos, mas afeta também pessoas jovens", afirmou.

Fonte: g1, www.g1.com.br