Juíza pede prisão da atriz Lindsay Lohan

Juíza pede prisão da atriz Lindsay Lohan

A juíza declarou ter motivos para acreditar que Li-Lo ainda tem problemas com álcool e drogas

Depois de badalar até as 5h da manhã em uma festa em Cannes e alegar ter tido o passaporte roubado, Lindsay Lohan perdeu a audiência com um juiz em Beverly Hils, onde está em liberdade condicional por dirigir alcoolizada, segundo o site ?TMZ?. Resultado: a juíza Marsha Revel expediu um mandado de prisão preventiva para a atriz.

Segundo o mandado, Lindsay deve ser levada diretamente à corte, onde poderá optar por pagar uma fiança de 100 mil dólares (cerca de 180 mil reais). Se a atriz pagar a fiança, fica em liberdade até a próxima audiência - mas, para isso, não vai poder beber, terá de usar um bracelete que indica sua localização e será submetida a testes-surpresa para detectar o uso de drogas ao menos uma vez por semana.

A juíza declarou ter motivos para acreditar que Li-Lo ainda tem problemas com álcool e drogas. E se ficar provado que a atriz quebrou a condicional - usando drogas, por exemplo -, ela pode ficar presa por até seis meses.

De acordo com o site TMZ, a juíza disse não acreditar na desculpa de que a atriz teria perdido o passaporte. "Os atos falam mais do que palavras. Ela tem um histórico de faltar a compromissos com a justiça", declarou a juíza. Na corte, foi dito que Lohan sabia que poderia ir presa caso faltasse e que teria de ter prévia permissão para faltar as aulas de reabilitação, das quais completou apenas 10 de 13.

Segundo o site Celebrity Gossip, o pai da atriz, Michael Lohan, foi ao tribunal acompanhado da advogada, Lisa Bloom, numa tentativa de evitar a prisão da filha.

A atriz teria que comparecer na manhã dessa quinta-feira, 20, a uma corte de Los Angeles para prestar contas de seu comportamento ao juiz responsável pelo seu cas

Fonte: Ego, www.ego.com.br