Justiça manda internar mulher que pesa 250kg

A Justiça mobilizou as secretarias Estadual e Municipal da Saúde e o Corpo de Bombeiros

A Justiça do Rio de Janeiro determinou a internação de uma dona de casa, 28 anos, que sofre de obesidade mórbida e pesa 250 kg. Moradora de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, a mulher tem a doença desde os 20 anos e corre o risco de amputação de um membro inferior por conta do excesso de peso.

A Justiça mobilizou as secretarias Estadual e Municipal da Saúde e o Corpo de Bombeiros a fim de garantir a internação da dona de casa no Hospital Geral de Ipanema. A ação deveria ter sido cumprida no dia 1º de setembro, mas não havia meio de transporte para remover a paciente, o que foi feito pelos Bombeiros.

Na ação, a juiza Luciana Losada de Albuquerque Lopes determinou a internação hospitalar, tratamento e cirurgia. "Defiro a antecipação da tutela, para determinar que os réus, por suas Secretarias de Saúde, tomem as providências necessárias ao transporte e à avaliação médica para identificação do tratamento necessário da autora em qualquer hospital da rede pública ou particular conveniado ao SUS, que esteja apto a prestar o melhor atendimento ao quadro clínico e ao estado de saúde da autora providenciando sua internação imediata, se for prescrito pelo médico, sob as penas de lei, fornecendo ainda todos os medicamentos à manutenção de sua saúde", afirmou a juíza na decisão.

Fonte: Terra, www.terra.com.br