Justin Bieber foi detido na Austrália durante busca por drogas, diz jornal

Justin foi liberado após receber advertência por usar "linguagem inapropriada", segundo o jornal.

Justin Bieber e membros de sua equipe foram presos no dia 24 de novembro no aeroporto de Brisbaine, na Austrália, durante operação da polícia em busca por drogas, disse o site do jornal "Daily Telegraph", de Sidney, nesta quinta-feira (5). Eles teriam encontrado maconha com um dos membros da equipe. Justin foi liberado após receber advertência por usar "linguagem inapropriada", segundo o jornal. Ele teria insultado uma agente da polícia.

O homem de 23 anos da equipe de Bieber também foi liberado, mas depois recebeu uma ordem de retornar à Austrália para responder à acusação de importação de drogas, segundo o "Daily Telegraph". Ele deverá se apresentar à corte do país nesta sexta-feira (6).

Segundo a reportagem, eles foram detidos após a ação de dois cães farejadores, que acharam a maconha na mala do homem da equipe. Além de insultar os policiais, Bieber teria se recusado a tirar os óculos escuros e o boné durante a abordagem.

Segundo fontes do jornal, a ofensa dita pelo cantor a uma policial foi: "Você é só uma vagina feminina". Ele e a equipe teriam ficado detidos durante duas horas no aeroporto. Ele havia chegado ao país para uma série de shows em novembro, depois de se apresentar no Brasil no início daquele mês.

Polêmicas

Bieber, de 19 anos, se envolveu em várias polêmicas nos últimos meses. Em São Paulo, no começo de novembro, ele encerrou o show antes do previsto após ser atingido por objeto lançado por fã.

Já no Rio, ele foi visto saindo de termas e casas noturnas e foi flagrado grafitando o muro do antigo Hotel Nacional, em São Conrado. Na ocasião, seus seguranças brigaram com fotógrafos e fãs. Bieber foi autuado. Também no Rio, a modelo Tati Neves gravou um vídeo no qual aparece ao lado de Bieber, dormindo em um quarto após uma festa.

O prefeito da cidade de Gold Coast, na Austrália, Tom Tate, determinou no dia 28 de novembro que Justin Bieber apagasse o grafite que tinha deixado dois dias antes em uma parede de um hotel.

Bieber fez o grafite em um muro externo de um hotel no subúrbio de Surfers Paradise, em Gold Coast, e publicou uma foto em seu Instagram.

O prefeito de Gold Coast disse que o cantor deveria arcar com os prejuízos de suas ações e afirmou que o artista é "muito, muito tolo". "Vamos oferecer a ele a opção de remediar e apagar a pintura primeiro, caso contrário, vamos exigir que faça trabalhos comunitários."Em julho, autoridades americanas encontraram uma pequena quantidade de maconha no ônibus de turnê do cantor canadense. Ele não estava. Segundo o jornal "Detroit Free Press", que citou a Agência de Alfândegas e Proteção Fronteiriça em Detroit, policiais inspecionaram o veículo antes de uma apresentação de Bieber na cidade.


Justin Bieber foi detido na Austrália durante busca por drogas, diz jornal

Fonte: G1