Karol Loren, a loira do Tchan, mostra todas as suas curvas e como se prepara para o carnaval de Salvador

Karol Loren, a loira do Tchan, mostra todas as suas curvas e como se prepara para o carnaval de Salvador

Dançarina do grupo de Cumpadre Washignton diz que corre na areia, faz ioga e muito mais para aguentar o pique da folia.

Na primeira vez em que subiu em cima de um trio elétrico para um show, Karol Loren - a nova loira do grupo É o Tchan -, dançou por quase oito horas. Depois da apresentação, sentiu uma dor lancinante na panturrilha que durou por dias. Foi aí que percebeu que precisava intensificar sua rotina de malhação para aguentar o pique dos show no verão da Bahia, principalmente do carnaval de Salvador. ?Sempre malhei. Já dançava, além de fazer as apresentações com o É o Tchan, mas a rotina ficou muito mais intensa e, se não estivesse preparada, ia continuar sentindo dor?, diz.

As providências se concretizaram com aulas de musculação, ioga e corridas na areia de segunda a quinta-feira, sejam no Rio, onde mora, ou em Salvador, onde normalmente passa os fins de semana. Tanto é que a moça contratou um personal trainer nos dois lugares para orientá-la.

?No Rio, quem cuida de mim é o Junior Negão, que foi quem me colocou para correr na areia, e em Salvador é o Juan, que segue a mesma linha de treinamento?, conta ela que ainda faz drenagem linfática e acompanhamento com uma médica ortomolecular.







?A corrida na areia exige mais dos músculos e os deixa mais tonificados. A ioga me ajudou a ter mais flexibilidade e também a trabalhar a respiração. Faço pelo menos uma vez na semana?, diz ela que agora só sente mesmo o cansaço dos ensaios do Tchan, todas as quintas-feiras em Salvador, além das pelo menos seis apresentações de sexta a domingo.

?Ainda fico ansiosa com o carnaval de Salvador, já que a nova formação do grupo vai participar pela primeira vez. Mas agora já estou preparada para dançar até seis horas em cima do trio?, diz rindo.

Fonte: Ego, www.ego.com.br