Katie Holmes teria descoberto traição de ex-marido Tom Cruise

A imprensa internacional não se cansa de dar argumentos para a separação de Katie Holmes e Tom Cruise.


Katie Holmes teria descoberto traição de Tom Cruise

A imprensa internacional não se cansa de dar argumentos para a separação de Katie Holmes e Tom Cruise. Com uma coisa todos concordam: foi a ex-atriz de Dawson"s Creek quem pediu a separação depois de cinco anos de casamento e uma filha de seis anos.

Segundo o tabloide The National Enquirer, há várias razões que contribuíram para o divórcio do casal. Katie vinha, há dois anos, ameaçando se separar do ator de Missão Impossível.

"Sua ausência contínua em casa, sua prioridade focada no trabalho, tudo isso ajudou Katie a tomar a decisão. Tom quase não vê sua filha Suri, porque ele passa muito tempo trabalhando em diferentes lugares, fora do país. Isso foi desgastando o relacionamento porque ele não deixa de trabalhar nunca, embora sempre prometeu um ano sabático em família. Katie também não podia trabalhar em qualquer coisa, porque qualquer e todas as decisões sobre o seu trabalho, Cruise tinha que decidir antes, argumentando que era para o bem de Suri", disse o informante.

E uma das razões pode ter sido a infidelidade do ator. A publicação diz que há cerca de dois meses Holmes vinha recebendo mensagens anônimas de que o ator a traía com uma mulher desconhecida, mas que trabalhava na área artística.

Na quinta-feira (5), o site TMZ informou que Katie usou a Cientologia, religião do astro de Missão Impossível, como desculpa para ferir o ex-marido. Na semana passada, quando estourou a bomba da separação, pessoas próximas do casal culpavam a seita como pivô do rompimento. Tom queria que a filha Suri estudasse numa escola ligada à Cientologia, mas Katie queria outro tipo de colégio. O TMZ ouviu histórias de Katie não é, na verdade, inimiga da Cientologia. Ela aceitou casar nessa igreja e convivia muito bem com os membros da seita. O fio do novelo desse divórcio começa a ser desfiado com mais detalhes íntimos.

Fonte: O Fuxico