Lázaro Ramos revela: ‘Já estava na hora de ser pai’

Lázaro Ramos revela: ‘Já estava na hora de ser pai’



Lázaro Ramos não sabe jogar bola, costuma esquecer o nome das pessoas e nem pensa em ter uma lancha. Mesmo assim, vai viver um "partidão" na próxima novela das oito. Na vida, ele comemora o novo papel de paizão.

? Existe alguma coisa que tira você do sério ?

? A falta de respeito do espaço alheio, aquele limite em que termina o seu direito e começa o do outro.

? Uma saia-justa?

? Esquecer o nome das pessoas. Uma vez encontrei uma atriz, que não vou falar o nome porque é muito chato, mas de quem era e sou superfã. Comecei a conversar e certa hora a chamei de um nome completamente diferente. Fiquei mal (risos). Lembro do rosto de todo mundo, mas o nome sempre me escapa.

? Tem algum trauma de infância?

? Não saber jogar bola. A mulher que me criou, a Dindinha, não me deixava ir para a rua, e eu só brincava no quintal. Quando tem uma cena de futebol, morro de vergonha, porque não tenho a menor intimidade com a bola.

? Qual foi a última extravagância que você fez?

? Entrei numa livraria e tinha uns quatro livros que queria ler, mas sabia que não ia ter tempo para todos. Mesmo assim, comprei os quatro e estão todos lá encalhados na estante.

? O que você não compraria de jeito nenhum?

? Uma lancha. Não tenho a menor vontade de ter. Outro dia, ouvi uma frase ótima: "O melhor barco é aquele do seu amigo".

? Feijoada, sarapatel ou tutu à mineira?

? Abará. Conhece? É o primo do acarajé.

? Já fez alguma coisa e depois se arrependeu?

? Não tem arrependimento nenhum na minha vida. Até as coisas que pareceram um erro, um risco lá atrás, hoje eu vejo que só contribuíram para o meu amadurecimento, meu crescimento... Enfim, para tudo.

? Um personagem que marcou a sua infância?

? O Eric, da "Caverna do dragão". É um personagem meio torto, um herói diferente que, de uma maneira ou de outra, era a voz da razão da turma que vivia num mundo bem fantasioso.

? Você já está preparado para ser pai?

? Preparado ainda não sei, mas acho que já estava na hora de ser pai, né? Tenho 32 anos e vários amigos meus já estão até no segundo filho. Posso adiantar que estou em estado de êxtase total.

Fonte: Extra, extra.globo.com