Lázaro vai encantar e divulgar o Piauí na TV

Cantor tem agenda para os principais festivais do Piauí e vai mostrar os municípios nos programas Nossa Terra Nossa Gente e In Foco

É impossível falar da música piauiense sem citar o nome de Lázaro do Piauí, cantor apaixonado pela cultura de seu estado, amante da boa música e, especialmente do forró tradicional, que conquistou o Brasil na voz de Gonzagão. É com esse estilo que Lázaro também encanta o público e faz sucesso por onde passa. Recentemente, ele fez um show em Brasília, no Circuito Caixa Cultural, onde gravou um CD, num evento apoiado pela TV Senado, com direito a gravação de entrevistas e DVD, que será lançado em junho.

O show é Matuto Urbano, onde Lázaro canta sucessos dele mesmo e músicas de Luiz Gonzaga, Jackson do Pandeiro e João do Valle. O artista, que está produzindo CD em estúdio diz que a intenção é fazer um passeio pelo Nordeste e mostrar a diferença entre xote, baião e xaxado.

O cantor mostra a forma como Gonzaga produziu uma música contagiante com o triângulo, a zabumba e a sanfona. ?Destaco o Nordeste e explico como pode existir o matuto urbano e só para ilustrar sua opinião, ele cita os versos ?Eu só não nasci no mato / Porque o destino bestou / Fez meu corpo na cidade e minha alma no interior / Mas sei que sou viciado / Naquele cheirinho de gado que a natureza criou?.

Matuto Urbano é o show que está fazendo este ano, que começa com o Caju FestMel, em junho, em Picos. A agenda para os próximos eventos inclui o Piauí AgroShow, em Bom Jesus e a festa de São João, em Brasília, organizada pela Acampi. Agora em maio, Lázaro vai cantar no IFPI.

Um diferencial dos eventos de Picos e Bom Jesus é a cobertura dos programas Nossa Terra Nossa Gente e o In Foco (Leninha Aragão e Ítalo), que são exibidos pela TV Meio Norte. A intenção, segundo Lázaro, é mostrar a festa no interior, a empolgação do povo. ?Nessas cidades a proposta é mostrar o potencial do Piauí na organização do agronegócio. Vamos evidenciar a nova mentalidade do povo na organização das festas, evidenciando a produção econômica, os valores e os artistas dessas cidades?, diz, declarando que vai registrar os talentos artísticos, mostrar que há um potencial grande na produção cultural. ?Essa é uma forma que as autoridades têm para mostrar o que está sendo feito em cada cidade. É importante fazer a divulgação dos festejos, feiras e eventos?, diz.

Fonte: Isabel Cardoso, Jornal Meio Norte