Lei determina que animais só podem ser adotados em pares

A lei vale principalmente para os porquinhos-da-índia.

Quem tem um bichinho em casa já deve ter percebido que algumas vezes eles se parecem muito com os humanos, inclusive quando se trata de solidão. É normal um animal ficar meio deprê quando não interage com outros da mesma espécie – afinal, quem não fica? Agora, a Suíça está tentando mudar esse quadro ao determinar que alguns animais sejam adotados em pares.

A lei vale principalmente para os porquinhos-da-índia, considerados animais altamente sociais. Segundo as autoridades do país, eles precisariam da companhia de outros animais da mesma espécie para se sentir bem. Desde 2008, o país já tem uma lei semelhante aplicada aos gatos, que dita que eles deverão ter acesso ao exterior da casa, poder ver outros gatos pela janela ou ter a companhia de outro gato dentro da mesma casa.

Essa é uma maneira de respeitar os direitos sociais destes animais, que também precisam interagir com outros de suas espécies, assim como nós. Para quem vai adotar um cachorro, a regra ainda não está valendo, talvez por eles conviverem muito bem com os humanos, mas é preciso realizar um curso com aulas práticas e teóricas antes de levar o bichano para casa.

Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Animais adotados em pares (Crédito: Reprodução)
Fonte: Hypeness