Cláudia Leitte diz não ter ouvido público gritar ""Ivete, Ivete"" no show

Cláudia Leitte diz não ter ouvido público gritar ""Ivete, Ivete"" no show

Claudia Leitte se emocionou ao justificar problemas técnicos que acabaram atrasando o show

Claudia Leitte disse à coluna de Mônica Bergamo, no jornal "Folha de São Paulo", que não ouviu o público gritar "Ivete, Ivete" durante o show de Pato Branco, no Rio Grande do Sul, em que foi vaiada por subir ao palco com uma hora e meia de atraso.

"Isso acaba caindo sobre mim pelo fato de eu estar muito em voga. Vem o Carnaval, é verão, tenho um peso maior, mas não foi nada. Eles só vaiaram por causa do atraso do show", explicou Claudinha à coluna.

O texto de apresentação do vídeo postado no Youtube sugere que o nome de Ivete Sangalo tenha sido gritado pelo público em meios às vaias. Contudo, se você escutar o vídeo não há nenhuma manisfestação em relação a Ivete. O que existe no trecho gravado é o desabafo emocionado de Claudia Leitte, dizendo que as vaias a fizeram se sentir um lixo, e a plateia, em polvorosa, gritando e aplaudindo.

Entenda o motivo das vaias em Pato Branco

Claudia Leitte se emocionou ao justificar problemas técnicos que acabaram atrasando o show que ela fez na madrugada desta segunda-feira, 15, na cidade de Pato Branco, no Paraná. Uma forte chuva teria sido a causa do atraso. Claudia Leitte interrompeu a apresentação e se emocionou ao responder às vaias.

?Sou muito sincera no que eu faço. Eu viajei seis horas, fiz um show até cinco horas da manhã ontem... Cheguei toda feliz em Pato Branco há duas horas atrás direto para o show. Estava no camarim esperando que (resolvessem) um problema, que eu não sei qual foi. O nosso painel de led não funciona, o nosso som não está funcionando direito ainda. Infelizmente, ninguém comunicou a vocês. Eu acho que vocês têm todo o direito de bradar contra isso. Mas vocês me fizeram sentir uma porcaria lá dentro (no camarim), um lixo. Eu saí da minha casa, deixei meu filho... Crente que ia chegar abafando em Pato Branco e ia receber o maior carinho, o maior amor do mundo, mas eu me senti um nada, uma porcaria lá atrás.?

Claudia Leitte continuou: ?Eu peço desculpas a vocês que não fizeram parte dessa coisa bizarra que foi para tentar me agredir, me humilhar, seja lá o que for... A culpa não é minha. (...) Infelizmente, eu não tenho um sorriso verdadeiro para dar agora. Vou fazer como der, o que der para fazer. E na hora que o sorriso brotar, eu espero que ele vá até o coração das pessoas que fizeram isso comigo, que me fizeram sentir muito mal. Mas eu não vim aqui para conversar não. Vim aqui para fazer o melhor show da minha vida e eu vou fazer?, disse ela arrancando aplausos do público antes de cantar ?Beijar na boca?.

Fonte: Ego, www.ego.com.br