Lindsay Lohan pode trabalhar em necrotério antes de ir para prisão

O oficial da liberdade condicional de Lindsay disse que trabalho de Lindsay no Centro das mulheres não era satisfatório.


A juíza Stephanie Sautner ordenou que a atriz Lindsay Lohan seja transferida para prestar serviços em um necrotério e saia de seu atual trabalho com a Cruz Vermelha Norte- Americana.

Isto é um sinal de que a juíza estaria brava com o Departamento de Liberdade Condicional, que tirou a atriz do trabalho em um Centro para Mulheres Desabrigadas. A informação é do site TMZ.

O oficial da liberdade condicional de Lindsay escreveu uma nota dizendo que o trabalho de Lindsay no Centro das mulheres não era satisfatório e, por isso, ela teria sido enviada para a Cruz Vermelha, mesmo antes de completar as 360 horas ordenadas.

A decisão da juíza foi tomada antes da corte marcada nesta quarta-feira (19), que deve mandar a atriz para a cadeia por violação da condicional.

O porta-voz de Lindsay, entretanto, afirma que ela vem trabalhando arduamente para satisfazer os termos da sua pena, inclusive tendo acompanhamento psicológico e participando de um encontro de “Ladrões de Loja Anônimos” (a atriz foi condenada por roubar um colar no começo de 2011). Lindsay Lohan chegou a publicar no twitter nesta terça (18) sobre o assunto.

“Eu quero deixar claro que, só por que eu não era seguida e fotografada durante as vezes que fui ao serviço comunitário, não significa que eu não estava seguindo minhas obrigações com a corte”, afirmou.

Fonte: UOL