Atriz Lindsay Lohan tem sua liberdade condicional revogada

Atriz Lindsay Lohan tem sua liberdade condicional revogada

Atriz é acusada de violar os termos da condicional ao mentir para a polícia.

Lindsay Lohan teve sua liberdade condicional revogada nesta quarta-feira, 12, durante uma audiência na Califórnia. A atriz foi indiciada por quatro novos crimes: três envolvendo uma batida de carro em junho, e um pela briga com uma mulher em uma boate de Nova York em novembro.

No caso da batida de carro, em que ela disse aos policias que estava como passageira quando na verdade dirigia o veículo, as acusações são: fornecer informações falsas à polícia (passível de até seis meses de prisão), obstrução do trabalho de um policial (passível de até um ano de prisão) e direção perigosa (passível de até 90 dias de prisão).

As acusações agravam a situação da atriz perante a justiça, já que a prisão pela briga e a mentira para a polícia podem ser classificadas como violação dos termos de sua condicional, sentenciados pela juíza Stephanie Sautner, que foi a responsável do caso do roubo de um colar.

Lindsay não compareceu a esta audiência; somente sua advogada, Shawn Holley, esteve no tribunal. A atriz será ouvida em uma nova audiência no dia 15 de janeiro de 2013, que estabelecerá formalmente se ouve mesmo a violação dos termos.

Problemas financeiros

Na segunda-feira, 10, o site americano "Aceshowbiz" noticiou que a atriz está com dificuldade de pagar o aluguel. Segundo o site, ela está tentando de todas as maneiras pagá-lo porque a multa de quebra do contrato - que vai até fevereiro de 2013 - é cara. Recentemente, ela ainda vendeu as suas roupas de grife para pagar seus impostos atrasados e recebeu do amigo e ator Charlie Sheen US$ 100 mil (cerca de R$ 200 mil) para ajudá-la com as dívidas.

Fonte: EGO