Lindsay Lohan teria recebido US$ 100 mil por Réveillon em Londres

Ela foi em festa promovida pelo príncipe Haji Abdul Azin.

De acordo com uma fonte ouvida pelo jornal norte-americano New York Daily News, a atriz Lindsay Lohan recebeu US$ 100 mil de cachê para marcar presença na pomposa festa de Réveillon promovida pelo príncipe Haji Abdul Azin, do sultanato asiático de Brunei, em um Londres. "O príncipe não apenas a trouxe de avião, como a colocou em uma linda suíte no hotel Dorchester para todo o fim de semana e para depois da festa", afirmou, contando que sua mãe, Dina, acompanhou a filha à capital britânica e também compareceu ao evento.

Mas os gastos de Abdul Azin, terceiro na linha do trono de Brunei, país localizado no sudeste da Ásia, ao lado da Malásia, não se limitaram à presença de Lohan. O príncipe teria pago ao cantor Lionel Richie a soma de US$ 250 mil para cantar na festa, além de ter oferecido à atriz Pamela Anderson, famosa pela série S. O. S. Malibu, US$ 75 mil apenas para marcar presença nela.

O herdeiro do trono é conhecido por suas extravagâncias, especialmente pelas infames festas de Ano Novo. Anualmente, ele aluga o imenso salão de bailes do luxuoso hotel May Fair de Londres e distribui aos convidados pequenos sacos de presentes recheados com diamantes e caras bugigangas de alta tecnologia.

"Ele faz isso apenas para sua diversão. Aluga o local e paga estrelas só para aparecer. Lindsay compareceu porque estava desesperada pelo cachê", completou a fonte, citando o fato de a atriz estar passando por sérias dificuldades financeiras. Segundo a publicação, ela chegou a ser despejada de sua mansão, cujo aluguel custa cerca de US$ 8 mil por mês.

Fonte: Terra