Luciana não aceita sair do hospital de cadeira de rodas

Luciana gritará histérica:"Não saio de cadeira de rodas"

Em "Viver a vida", Luciana (Alinne Moraes) vai se recusar a sair do hospital numa cadeira de rodas. E dará um ataque por causa disso. Quando Miguel (Mateus Solano) avisar à modelo que ela deverá ter alta nos próximos dias, a terapeuta ocupacional Larissa (Patrícia Carvalho-Oliveira) avisará que, antes disso, a família de Luciana precisará providenciar uma cadeira de rodas.

Na mesma hora, Luciana, que estava com um sorrisão no rosto, feliz pela notícia que sairá do hospital, ficará séria. E revoltada.

Leia os diálogos.

Larissa: - A sua cadeira de rodas precisa ser bem confortável e linda.

Luciana rebaterá: - Eu não vou precisar de cadeira de rodas. Eu vou ficar boa.

Larissa (preocupada): - Mas a cadeira de rodas vai te ajudar a se recuperar. Não é um símbolo de limitação. Pelo contrário, ela te dará mais autonomia.

Luciana (já aos berros): - Eu não quero, já disse! Não fiquei semanas num hospital para sair de cadeira de rodas.

Miguel: - E você vai sair daqui como? Posso saber? Vai para casa carregada?

Luciana: - Quem sabe até o dia de eu ir embora já não estou boa...

Miguel: - Luciana, deixa eu te falar uma coisa. Você sofreu um acidente grave. Precisou ficar no hospital para se reabilitar. Agora você tem uma sequela, que precisa ser tratada.

Luciana (mais calma): - Estou com medo, será que vocês não entendem. Tudo o que eu fazia antes eu não vou poder fazer mais. Não quero ficar presa em nenhuma cadeira de rodas. Não quero e não vou. Preciso voltar a desfilar. O tempo está passando para mim.

Miguel: - Calma, uma coisa de cada vez. Estamos falando aqui de sobrevivência, Luciana. Você está viva e recomeçando. Entendo o seu medo, mas seja mais paciente. Todo o resto pode esperar, inclusive sua carreira de modelo.

Luciana (aos berros): - Ai gente, eu não vou sair de cadeira de rodas, não vou!!!!!!

Neste momento, Tereza (Lilia Cabral) e Marcos (José Mayer) entrarão no quarto do hospital e ficarão nervosos.

Fonte: g1, www.g1.com.br