Mãe de Britney diz que ex-empresário drogava a cantora

Segundo Lynne Spears, Sam Lutfi “pairou sobre minha filha e tentou se inserir


Mãe de Britney Spears diz que ex-empresário drogava a cantora
Lynne Spears, mãe de Britney Spears, esquentou o o andamento do processo que Sam Lutfi move contra a cantora, reafirmando inclusive que o ex-empresário colocava remédios para dormir na comida da artista. Lutfi exige na justiça 15% dos lucros de Britney entre os anos de 2007 e 2008, quando trabalhou com ela, e está processando Lynne por difamação, por causa das declarações dela no livro Through the Storm. As informações são do site da revista Us Weekly.

Diante do juiz, Lynne chorou ao falar novamente sobre o que havia comentado pela primeira vez na obra, a respeito da medicação. Ela ainda disse que além de o próprio Lutfi ter admitido isso, ele também contou ter desligado o telefone da casa de Britney e escondido o celular dela, para impedir o contado com a família.

?Ele pairou sobre minha filha e tentou se inserir em todos os aspectos da vida dela?, disse Lynne, que na época preferiu não chamar a polícia. ?Eu estava muito preocupada. Continuava tentando fazer Britney sair de lá... não sabia o que fazer.?

Lutfi também acusa o pai da artista, James, de ter dado um soco em seu estômago. Nesta semana, James disse ao tribunal que temeu pela vida da filha no período em que ela estava ao lado do empresário. O CEO da gravadora Jive Records, por sua vez, afirmou que Lutfi nunca participou de nenhuma reunião importante sobre a carreira de Britney, e que era ?apenas um empregado? da cantora.

Britney continua sob supervisão da justiça e não deve depor.

Fonte: Terra, www.terra.com.br