Mais de 1.600 sessões do filme de Michael Jackson se esgotam nos EUA

Isso coloca "This is it" no mesmo território de "Lua nova", que sai no mês que vem

As vendas antecipadas de "This is it" prenunciam que o filme-show de Michael Jackson será uma das maiores bilheterias da história. Duas semanas antes da estreia do documentário, já há mais de 1.600 sessões esgotadas nos EUA, e o filme lidera as listas desta semana de duas grandes empresas de ingressos pela internet.

Isso coloca "This is it" no mesmo território de "Lua nova", que sai no mês que vem, e de outros filmes que geraram vendas antecipadas expressivas.

"A atividade pré-venda em todo o mundo não foi nada menos do que extraordinária", disse à Reuters Steve Elzer, assessor de imprensa da Columbia Pictures, subsidiária da Sony Corp, estúdio responsável pelo filme.

"Mas os exibidores realmente atenderam à demanda acrescentando salas, e os ingressos estão disponíveis para todos os que quiserem ver, a qualquer momento", disse Elzer.

"This is it" reúne imagens do cantor de "Thriller" ensaiando para uma série de shows que aconteceriam em Londres e que marcariam uma retomada da sua carreira - interrompida por sua morte súbita, em 25 de junho, aos 50 anos, vítima de uma overdose de medicamentos.

O estúdio disse que o filme, de 112 minutos, terá uma temporada limitada de duas semanas no mundo todo, a partir de 28 de outubro.

O site de ingressos Fandango disse ter esgotado mais de mil sessões nos EUA só pelo seu site. A concorrente MovieTickets disse ter esgotado mais de 600 sessões.

Para o Fandango, a venda antecipada de "This is it" só ficou atrás, neste ano, do romance de vampiros "Lua nova", cujos ingressos começaram a ser vendidos um mês antes dos de "This is it".

Tanto o Fandango quanto o MovieTickets, maiores empresas do setor nos EUA, dizem que "This is it" deve se tornar o mais rentável filme-show da história.

Michael Jackson X Hannah Montana

Por enquanto, esse título cabe a "Hannah Montana/Miley Cyrus: Best of both worlds concert tour", de 2008, que arrecadou mais de US$ 70,6 milhões nas bilheterias do mundo, mas foi exibido em apenas 700 salas dos EUA.

A Sony, que pagou US$ 60 milhões pelos direitos das imagens do ensaio de Jackson, pretende exibir "This is it" em 3.500 salas só nos EUA e Canadá. Além disso, o estúdio deve enviar mais de 8.500 cópias para 75 países, para um lançamento quase simultâneo.

De acordo com a Sony, a procura pelas cópias é particularmente forte na Grã-Bretanha e no Japão.

Jackson deveria realizar 50 shows em Londres a partir de 13 de julho. A empresa AEG Live, responsável pelos espetáculos, participou do acordo com a Sony, que beneficia também o espólio de Jackson e sua família.

Fonte: g1, www.g1.com.br