Marcelo Faria procura segurança agredido por ele em boate

Marcelo Faria procura segurança agredido por ele em boate

"Ele me ligou, pediu desculpas e falou que está arrependido e que quer reparar o erro", disse Fabrício Lopes, ferido com uma garrafa

O ator Marcelo Faria procurou o segurança Fabrício Lopes, que foi agredido por ele na noite de quarta-feira, 18, na casa de shows Miranda, na Zona Sul do Rio de Janeiro, durante o lançamento do novo CD do cantor Rogê. Neste domingo, por volta das 11h da manhã, Faria ligou para o celular do segurança. "Ele me ligou duas vezes. Quando escutei sua voz, desliguei o telefone. Fiquei muito nervoso. Marcelo ligou de novo e minha mulher me incentivou a atender", contou Fabrício Lopes. "Ele disse que estava arrependido e que quer reparar o erro e me ajudar no que for possível. Seria bom nos encontrarmos pessoalmente, eu, ele e nossos advogados."

O advogado de Fabrício, Edmilson Sobral Ferreira da Silva, depende de um documento para fechar o valor que irá cobrar de indenização de Marcelo Faria. "Ainda não propus a ação porque estou fora do Rio", explicou o representante do segurança.

Sem previsão de quando voltará ao trabalho, Fabrício disse que os seis pontos que tem na testa viraram alvo de deboche dos amigos. "Quando saio na rua, fica todo mundo me zoando, me apontando: "olha lá, o cara que levou a garrafada!". Essa marca nunca mais vai sair da minha pele."

Relembre o caso

Marcelo Faria quis tentar entrar na área VIP da casa de shows sem convite e, ao ser impedido por um segurança, acabou por agredi-lo com uma garrafa. Após a agressão, Marcelo teria saído correndo do lugar. O segurança registrou queixa na 14ª DP, no Leblon, e foi encaminhado para exame de corpo de delito.


Marcelo Faria procura segurança agredido por ele em boate

Fonte: EGO