Michael Jackson implorou por anestésico, diz médico

Michael Jackson implorou por anestésico, diz médico

O médico contou que lhe deu vários medicamentes mas não obteve resultado.

Em seu depoimento, Murray Conrad, médico de Michael Jackson, afirmou que o cantor implorou pelo medicamento Profonol antes de morrer.

Murray ainda declarou que Michael estava com problemas para dormir e tomou Profonol todas as noites durante dois meses. O site "TMZ" divulgou essas informações dadas pelo detetive Orlando Martinez.

O médico contou que lhe deu vários medicamentes mas não obteve resultado. Ele falou que Michael disse que se não conseguisse dormir, teria que cancelar o ensaio. Segundo o interrogatório feito dois dias após a morte do cantor, Murray afirmou que estava se sentindo muito pressionado por Michael. O médico lhe deu uma dose reduzida de Profonol com a ajuda do cantor. Murray disse que foi ao banheiro e quando voltou viu Michael sem conseguir respirar.

Fonte: Ego, www.ego.com.br