Médicos retiram nove agulhas de corpo de uma menina no RN

Médicos retiram nove agulhas de corpo de uma menina no RN

Ela teria fugido dos pais para escapar de agressões físicas e sexuais

Médicos retiraram, nesta quarta-feira (15), nove agulhas do corpo de uma adolescente de 13 anos que está internada no Hospital Infantil Maria Alice, em Natal. Segundo a polícia, a menina morava com os pais em Fortaleza e fugiu para Natal para escapar de agressões físicas e sexuais sofridas em supostos rituais de magia negra.

A diretora geral do hospital, Lana Brasil, disse ao G1 que inicialmente os médicos haviam percebido somente oito agulhas na menina. ?Foi confirmado que realmente havia não oito, mas nove agulhas. Quatro estavam no abdome e cinco estavam na perna. Todas foram retiradas. A criança está bem e tudo correu tranquilamente?.

De acordo com a diretora, a menina também tinha um objeto na genitália. ?Esse corpo estranho já foi retirado. A imagem sugere esse objeto, mas o laudo da ginecologista só chegará na quinta-feira (16). Não posso confirmar o que era, mas aparentemente não é um objeto metálico. Não é uma agulha?.

A menina está bem fisicamente, porém ela está abalada emocionalmente. Ela está apreensiva e não conversa, de acordo com a diretora do hospital.

A adolescente, que está sob tutela do hospital e da Casa de Passagem de Natal, deve passar por uma avaliação psiquiátrica na manhã desta quinta-feira. Não há previsão de alta.

Investigação

O delegado Luiz Lucena, responsável pela investigação do caso, disse anteriormente ao G1 que a menina chora muito e se mostra bem arredia. Ele afirmou também que não há informações sobre o endereço dos pais da adolescente.

Ainda segundo o delegado, a menina teria saído de casa, em Fortaleza, na sexta-feira (10). Depois, fugiu para Mossoró (RN) e depois conseguiu juntar dinheiro para pegar um ônibus até Natal.

Fonte: g1, www.g1.com.br