Menino morre após comer biscoito envenenado por colega

A intenção das adolescentes era matar outras duas jovens que estudavam na mesma escola.

Um menino de 12 anos morreu após comer bolachas envenenadas por colegas em uma escola de Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, na terça-feira (7). Duas meninas, de 13 e 14 anos, admitiram que colocaram o veneno nas bolachas, segundo a Polícia Civil.

A intenção das adolescentes, de acordo com a polícia, era matar outras duas jovens que estudavam na mesma escola. As infratoras teriam comprado veneno de rato e colocaram nos biscoitos. Como as meninas não conversavam com as outras duas, elas pediram para o garoto entregar o alimento.

O menino não sabia do plano das adolescentes e decidiu comer os biscoitos. O garoto começou a passar mal e chegou a ser levado ao hospital do Bairro Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, mas não sobreviveu.

O corpo da criança passou por exames no Instituto Médico Legal (IML) na quarta-feira (8) e foi enterrado na quinta-feira (9).

Os médicos que atenderam a criança acionaram a Polícia Civil, que identificou as duas adolescentes. Os pais das jovens também prestaram depoimento. Os pais do garoto que morreu e as meninas que eram os alvos dos biscoitos envenenados devem ser ouvidos nesta semana.

A delegada Mariana Villasboas, responsável pelo caso, aguarda o resultado dos exames para concluir o inquérito e encaminhar o caso à Justiça. Segundo a polícia, as adolescentes podem ser responsabilizadas por ato infracional análogo ao crime de homicídio.

Fonte: g1, www.g1.com.br