MG: Idosa com mal de Alzheimer desaparece de asilo

O Corpo de Bombeiros fez buscas pela idosa numa mata próxima à instituição durante o fim de semana

Uma idosa de 77 anos, que sofre do mal de Alzheimer, desapareceu do asilo onde vivia há seis anos, em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte. Neponésia Barbosa Monteiro, conhecida como Dona Neca, sumiu do Recanto N. S. da Boa Viagem na sexta-feira. Ela foi vista pela última vez dormindo em seu quarto, por voltas das 10h30. Às 11h10, foi constatado que ela não estava mais no local.

O Corpo de Bombeiros fez buscas pela idosa numa mata próxima à instituição durante o fim de semana, mas não a encontrou. Segundo a família contou à Polícia Militar, ela tinha dificuldades de locomoção e em assimilar memórias recentes, portanto, não saberia informar o endereço do asilo ou do filho. Familiares também relataram que Dona Neca nunca demonstrou insatisfação com o local e que os pacientes só poderiam sair acompanhados de parentes ou funcionários, mas que apenas um porteiro farua a vigilância do local.

Os responsáveis pelo asilo ainda não se manifestaram sobre o caso. Na manhã desta segunda-feira, a ocorrência ainda estava a cargo da PM, já que a Delegacia de Pessoas Desaparecidas, na capital mineira, não funciona nos fins de semana. A especializada deverá receber o caso e conduzir as investigações.

Fonte: Terra, www.terra.com.br