Michael Jackson apanhava para ficar longe de gangues

Michael Jackson apanhava para ficar longe de gangues

Em vídeo do TMZ, Joe Jackson respondeu as acusações de que seria violento com os filhos

Não são poucas as acusações de que Joe, o pai de Michael Jackson, seria um homem violento. Biografias do próprio Rei do Pop garantem que ele era espancado na infância, bem como seus irmãos. Hoje, após a morte de seu filho, o pai tenta explicar as muitas surras.

Em vídeo feito para um documentário (que está sendo produzido por Katherine Jackson, mãe de Michael e ex-mulher de Joe) o homem conta que só batia no filho para afastá-lo das gangues. A gravação foi divulgada pelo site-tabloide TMZ.

- Eu precisei ser como fui porque, quando estava criando [Michael Jackson], existia um monte de gangues se metendo em problemas. Muitos deles [dos garotos das gangues] estão mortos hoje. Michael não precisou se preocupar com isso.

A jornalista que aparece no vídeo perguntou se Joe se arrepende de algo na criação de Michael Jackson. A resposta foi claramente negativa.

- Não! Eles [a imprensa] tentaram fazer sensacionalismo quando eu batia nos garotos, sabe? Como se eles não batessem nos filhos quando eles se comportam mal.

Michael Jackson morreu aos 50 anos em junho de 2009. Depois de desfrutar de grande sucesso, o astro há algum tempo não era assunto na mídia por trabalhos inéditos. Ele ensaiava um grande show de ?retorno?, que ? por conta da morte - jamais chegou a estrear.

Fonte: R7, www.r7.com