Michael Jackson deixou ao menos US$ 5,5 milhões de patrimônio

O cantor Michael Jackson, cuja morte completa neste sábado um mês, não estava aparentemente em uma situação financeira tão ruim

O cantor Michael Jackson, cuja morte completa neste sábado um mês, não estava aparentemente em uma situação financeira tão ruim como noticiada nos tabloides. Os administradores de seu patrimônio informaram em documentos judiciais que aos menos US$ 5,5 milhões (R$ 10,4 milhões) em dinheiro e propriedades fazem parte dos bens do cantor.

Os documentos citados são uma resposta ao pedido de um pagamento mensal aos filhos do cantor e também para a mãe das crianças. Jackson teve três filhos, sendo que a enfermeira e ex-mulher do cantor Debbie Rowe é mãe de duas.

O patrimônio de Jackson está sob administração do advogado John Branca e o executivo John McClain, como pedido no testamento de Michael Jackson.

A ajuda de custo mensal pedida não é estipulada nos documentos, mas Branca e McClain informam que esperam gerar "dezenas de milhões de dólares em renda" com a administração do patrimônio deixado pelo cantor.

Os documentos também informam que o cantor terá dinheiro para pagar suas dívidas e deixar dinheiro para os filhos. Segundo o site TMZ, Michael tinha cerca de US$ 400 milhões (R$ 759,5 milhões) em dívidas.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br