"Minha vida foi um reality show por muito tempo",diz Angélica

Foi depois desse período ruim que Angélica resolveu tomar também as rédeas da própria vida.

Em entrevista à revista ?Joyce Pascowitch?, Angélica revelou que, quando largou seu programa infantil, teve um início de síndrome do pânico. ?Minha vida foi um reality show por muito tempo. Lá pelos meus 23 anos, dei uma pirada, tipo adolescência tardia. Aí, fui fazer análise e procurar entender aquilo tudo. Quis ser uma pessoa normal, namorar, ir para a balada. Foi um período difícil, mas que passou e eu saí muito melhor dele?, explica a mulher de Luciano Huck.

Foi depois desse período ruim que Angélica resolveu tomar também as rédeas da própria vida. "Sempre tive pessoas cuidando de mim, resolvendo tudo. Nem dirigir em sabia", conta a loura que, há seis anos, tirou carteira de motorista e, desde então, conduz o próprio carro: "Não consigo mais andar com ninguém dirigindo. Aliás, o Luciano não sabe, mas eu dirijo bem melhor que ele. Sempre fico dando palpite".

Mãe de Joaquim, de 4 anos, e Benício, de 1, ela ainda confessa à publicação ser a pessoa mais ciumenta da família: ?Corto na hora quando os meus filhos ficam muito grudados nas babás, dou folga, invento alguma coisa. Não é segredo que sou a ciumenta lá de casa".



Fonte: Extra, extra.globo.com