Ministério Público dá parecer favorável a liberdade de Rafael Ilha

Notícia foi dada por advogado do ex-polegar no programa de Sônia Abrão, "A tarde é sua". Juiz ainda irá decidir se concorda com MP ou não


Minist駻io P炻lico d parecer favor疱el a liberdade de Rafael Ilha

A Justiça deu parecer favorável ao pedido de liberdade provisória de Rafael Ilha e sua mulher Aline Kehz nesta sexta-feira, 25.

A notícia foi dada pelo advogado do casal, José Beraldo, no programa de Sônia Abrão, "A tarde é sua". Ele e seu sócio, William Lobato, explicaram ainda que, a soltura de Aline Kehz será imediata, mas por causa dos antecedentes de Rafael Ilha, o parecer favorável para o pedido de liberdade provisória terá que ser avaliado ainda por um juiz.

"Neste fim de semana ele não sai. Esse parecer do Ministério Público tem que ir para a mão de um juiz, que vai decidir se vota com o MP ou não. Caso concorde com a soltura do Rafael, ele deverá fixar uma fiança, que deverá ser depositada para o Rafael sair e responder em liberdade. Já no caso da Aline, como ela não tem antecedente criminal, sai imediatamente", explicou José Beraldo, informando ainda que o ex-polegar ainda não sabia da notícia.

O benefício havia sido solicitado na quarta-feira, 23, pelo advogado do casal, José Beraldo, que tomou como base o fato dos dois serem réus primários, e assim, serem passíveis de responderem em liberdade. O advogado tentou também derruabr a tese de tráfico internacional de armas alegando que Rafael Ilha não portava nenhum armamento proibido no momento de sua prisão na Ponte da Amizade - que liga o Paraguai com o Brasil -, e que Aline - que tinha em seu poder uma arma calibre 12mm e munições -, as tinha comprado para presentear Rafael.

Rafael Ilha foi preso na segunda, 21, com uma arma calibre 12, 50 munições do mesmo calibre e um aparelho de choque na divisa do Brasil com o Paraguai. Ele estava acompanhado da mulher, Aline. O ex-integrante do grupo Polegar foi acusado de tráfico internacional de armas, e foi transferido para a Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu, no Paraná, na manhã desta terça-feira, 22, e sua mulher também foi levada para uma penitenciária feminina.

Fonte: EGO