Mirella Santos e Ceará se casam em São Paulo: "É uma emoção única", diz a noiva

Mirella Santos e Ceará se casam em São Paulo: "É uma emoção única", diz a noiva

Apresentadora e humorista reuniram famosos na celebração realizada nesta sexta-feira, 1º.

Mirella Santos e Wellington Muniz, o Ceará, se casaram nesta sexta-feira, 1º, em uma cerimônia para 400 convidados que aconteceu no espaço de eventos La Luna, em São Paulo. Entre os padrinhos estão o presidente de honra da Grande Rio, Jayder Soares, a modelo Dani Souza e o jogador de futebol Dentinho, Kika Sato, mãe de Sabrina Sato, e os colegas do programa "Pânico" Márvio Lúcio, o Carioca, e Sabrina Sato com o irmão Karin.



"Já chorei, me emocionei... é uma emoção única. Fiquei muito feliz. Hoje é o dia mais feliz da minha vida, foi muito lindo", disse Mirella após a cerimônia. "Sou mais contido. Tenho um bloqueio porque chorava muito quando era criança, mas por dentro estou chorando igual a uma cachoeira. Não tinha lenço, mas fiquei limpando com a mão as lágrimas da Mirella", contou o noivo, Ceará. (Assista ao vídeo ao lado).

Entre as músicas tocadas pela orquestra, acompanhadas por um coral, estão a tradicional "Marcha Nupcial" e "Céu de Santo Amaro", cantada por Flávio Venturini. "Na hora do "sim" passou um filme de desde quando nos conhecemos. A gente já se conhecia, mas nunca tinha pensado maldades. Depois aconteceu naturalmente", disse a apresentadora.



A chegada dos noivos

A noiva chegou com uma hora de atraso. Além de já ser tradição, Mirella sofreu um pouco com o trânsito conturbado da capital paulista. Usando um vestido tradicionalmente branco, do estilista Lucas Anderi, Mirella demonstrou nervosismo e emoção ao lado do pai.

"Estou nervosa! Hoje fiquei com a pele toda cheia de manchas vermelhas por causa do nervosismo. Estou muito feliz que o meu pai está aqui", disse, visivelmente emocionada.

"Para, gente! Senão eu vou chorar", pediu a apresentadora aos repórteres que cobriam o evento.

O noivo, Wellington Muniz, chegou à casa de festas dirigindo o próprio carro, por volta das 20h. Na entrada, ele demonstrou preocupação com o engarrafamento recorde na cidade: "Tem uma ansiedade normal do noivo, mas o mais importante é que a noiva esteja presente. Estou mais ansioso para ver a noiva, tomara que o trânsito de São Paulo deixe ela chegar".

Ceará contou que o terno foi feito pela Camargo Alfaiataria: "O Camargo foi muito caprichoso, acho que fiz mais provas do terno do que a noiva do vestido." Os dois prepararam tudo juntos: "Sou muito detalhista e ela também. Ficamos horas sentados juntos decidindo a lista, as fotos que vão aparecer aqui", disse o noivo.





Fonte: EGO