Miss Gay Universe preso diz ter se sentido Paris Hilton na cela

Miss Gay Universe preso diz ter se sentido Paris Hilton na cela

Suspeito de furto no interior de SP, ele se sentiu "Paris Hilton" na prisão

?Os presos foram muito bonzinhos comigo?, disse o estudante e transformista Kaio Henrique Campos Alvim, de 19 anos, atual Miss Gay Universe, sobre a experiência de ter dormido em uma cela apertada com 12 homens na Cadeia Pública de Severínia, no interior de São Paulo.

?Chorei muito ao deitar no chão daquele cubículo gelado, sem iluminação e cheio de baratas, com aquele banheiro horrível. Mas os presos me respeitaram, foram educados comigo e não me fizeram mal ou me destrataram pelo fato de ser homossexual. Me trataram bem melhor do que os carcereiros e policiais, que foram um pouco grossos comigo. Mas não sofri preconceito?, disse Kaio, em entrevista por telefone concedida nesta quinta-feira (10).

Ele e um amigo haviam sido presos em flagrante na terça-feira (8), feriado de carnaval, pela Polícia Militar em Olímpia, a 438 km da capital paulista. Os dois tinham sido detidos por suspeita de furtar uma mochila com máquina fotográfica digital, telefone celular e R$ 134 em dinheiro de um turista em um clube da cidade. Eles, que jamais haviam sido presos antes, negaram o crime e alegaram inocência em depoimento à Polícia Civil, mas mesmo assim foram transferidos da carceragem de Olímpia para Severínia.

Facebook e Paris Hilton

Kaio e o amigo foram soltos na noite de quarta-feira (9) após a defesa deles conseguir um habeas corpus na Justiça de Olímpia para que os dois respondam pelo furto em liberdade. Segundo o transformista, tudo não passou de um mal-entendido, como afirmou nas suas páginas de relacionamentos na internet. ?Foi tudo mal entendido gentee, desculpe!!?, escreveu em seus perfis no Orkut e no Facebook.

Após a prisão, ele tem recebido o apoio de amigos e fãs. ?Ainda vamos sentar e rir muito disso tudo! E você vai ter muita história pra contar!! Se Paris Hilton e Lindsay Lohan já passaram por isso, por que não você??, dizia uma das mensagens.

?Me sinto mesmo como a Lindsay Lohan e a Paris Hilton?, brincou Kaio, que adota o nome artístico de Shayene Kathryn quando participa de concursos de beleza ou vai a festas. Ele, que é fã da atriz e a da socialite, se comparou às duas por causa da fama negativa que a prisão lhe trouxe.

Lindsay chegou a ser presa nos Estados Unidos suspeita de furto. Paris também ficou atrás das grades por porte de drogas e por dirigir embriagada. ?Sou fã das duas, mas da personalidade forte delas. Não compactuo com o que elas fazem de errado. No meu caso, foi tudo um engano. Sou inocente?, disse Kaio. ?Estou morrendo de vergonha.?

Quando foi preso com o amigo na tarde de carnaval, Kaio, que tem 1,90 metro, disse que apenas curtia o carnaval na piscina com a mãe e a irmã. A personagem Shayene, com peruca, seios postiços, maquiagem, vestido e salto alto havia ficado, segundo ele, no armário de sua casa em Barretos, no interior de São Paulo, onde mora com a família. ?Não acredito que eu tenha sofrido preconceito por ser homossexual?, disse Kaio.

Fonte: g1, www.g1.com.br