A eterna "it bag": saiba mais sobre a bolsa Birkin, sucesso entre famosas

Entra ano, sai ano e o modelo continua como favorito absoluto entre famosas como Victoria Beckham, Eva Longoria e Luiza Brunet

Um olhar mais atento aos looks de famosas como Victoria Beckham, Eva Longoria, Kim Kardashian, Izabel Goulart, Luiza Brunet e, mais recentemente, Deborah Secco, pode revelar um detalhe em comum entre elas: todas são fãs da bolsa Birkin, fabricada pela grife francesa Hermès.

Para as interessadas, o preço não é nada convidativo: o modelo pequeno custa a partir de R$ 30 mil, enquanto os maiores podem sair por mais de R$ 190 mil (caso da bolsa feita com couro de crocodilo, por exemplo).

Entre as celebridades, Victoria Beckham tem praticamente uma coleção de várias cores. Já Lindsay Lohan transformou a sua Birkin em notícia quando o modelo, que teria em seu interior US$ 1 milhão em joias, foi roubado no aeroporto de Londres. Katie Holmes volta e meia aparece com um modelo supersize a tiracolo.

A bolsa foi criada em 1984, a pedido da cantora, modelo e atriz Jane Birkin, que sofria tentando encaixar sua bolsa no compartimento de bagagens de mão de um avião. Pedido feito, pedido atendido por Jean-Louis Dumas-Hermès, dono da marca à época. A Birkin é feita completamente à mão num trabalho que pode levar de três dias a duas semanas para ser completado.

Produto top de linha da Hermès, a bolsa é feita com apenas um corte de couro, que não pode conter nenhuma imperfeição. Encontrar o couro ideal requer uma pesquisa que pode levar anos. Assim, diz-se que a produção da Birkin está diretamente relacionada aos humores da natureza.


A eterna

A eterna

A eterna

Fonte: EGO