Veja os erros que destroem a maquiagem

Exagero na dose e deslize nas cores fazem do make seu inimigo

Para deixar o visual completo é impossível deixar a maquiagem de lado. Ela disfarça imperfeições, proporciona um aspecto mais saudável e levanta a auto-estima. Mas alguns erros transformam sua aliada em inimiga de primeira. Escolher os tons errados e exagerar na dose, geralmente, são os erros mais comuns. A seguir, especialista detalha os principais deslizes na hora de se arrumar e dá dicas para você identificar se está cometendo algum deles.

Abusar do corretivo

De acordo com a especialista, o exagero do produto pode acentuar os detalhes que você deseja esconder. O ideal é usar corretivo apenas nas pálpebras inferiores ou em detalhes como espinhas. Ele deve ser aplicado com as pontas dos dedos em leves toques que espalham o produto , afirma. Mas, em vez de esfregar, dê batidinhas na pele, diminuindo a quantisade usada. Outra dica é usar um tom rosado, já que bege ou o amarelado faz com que as imperfeições, como as olheiras, fiquem ainda mais em evidência.

Escolher o tom errado da base

O tom errado de base faz com que você precisa usar muito mais maquiagem (isso porque a cor do rosto acaba ficando muito diferente do pescoço e do colo). O ideal é escolher uma base leve (experimente no pulso) e espalhar com cuidado. No caso das bases, prefira fabricantes nacionais: as cores são feitas exatamente para a pele das mulheres brasileiras, favorecendo o ajuste.

Pó em excesso

Quando mal usado, o pó evidencia os sinais de expressão, envelhecendo o rosto. A região dos olhos e da boca é a mais prejudicada, principalmente se você já apresenta rugas nestas áreas. O pó deve ser usado apenas como complemento da base, para dar um aspecto mais aveludado à pele e para neutralizar o efeito brilhoso da base e/ ou da camada natural de gordura da pele , diz.

Blush exagerado ou aplicado de maneira incorreta

O blush serve para proporcionar um visual mais saudável. Mas, aplicado em excesso, deixa você com cara de palhaça. As bochechas ficam salientes demais (um problema se você tem o rosto arredondado), destoando demais do restante dos traços. O blush deve ser aplicado das têmporas em direção ao centro do rosto, na diagonal, e sempre removendo o excesso do pincel antes de aplicar sobre o rosto.

Pintar a sobrancelha com lápis muito escuro

O lápis deve ser da mesma cor da sobrancelha. Para a aplicação, faça movimentos leves com a ponta, como se estivesse esfumaçando a sobrancelha. Para aquelas que acham a técnica complicada, um pouco de sombra, no tom do pelos, aplicada na pele abaixo da sobrancelha pode ser uma opção , sugere Andréa Delcorso.

Misturar muitas cores de sombra

O excesso de cores pode tirar a sofisticação do visual, que fica mais infantil. A maquiagem mais divertida está em alta e, mesmo durante o dia, pode ser usada. Mas nunca abuse dos contrastes, a não ser que você tenha segurança absoluta na técnica usada. O ideal é variar, formando um degradê: marrom e dourado; rosa e lilás; chumbo e cinza formam pares que funcionam.

Marcar demais o contorno da boca

Deixar os traços marcados, além de tirar a sutileza da maquiagem, está fora de moda. O ideal é que o contorno do lápis passe despercebido, não importa se você está usando para aumentar ou diminuir a boca. Faça um contorno bem delicado e fino, que vai desaparecer na hora em que você passar o batom (o efeito fica mais bonito se você usar um pincel em vez do bastão direto).

Deixar falhas com o delineador

O delineador só vale para quem tem pleno domínio da maquiagem (ou ele é capaz de destruir todo o resto, por mais impecável que seja o efeito). Uma boa dica para passar delineador sem borrar ou tremer é apoiar a mão no osso do queixo para fazer o traço. Mas se, mesmo assim, achar difícil dê preferência ao uso de um lápis preto bem rente à base dos cílios. E faça o traço antes de aplicar o rímel.

Fonte: minhavida, www.minhavida.com.br