Aos 60 anos, Eliane Giardini fala de beleza e afirma que é cantada na rua

Em ensaio de moda, a atriz - que vive a Ordália em ‘Amor à Vida’ - diz que personagens a ajudaram a descobrir a própria sensualidade.

Aos 60 anos, Eliane Giardini, a Ordália de ?Amor à Vida?, é o ícone de muitas mulheres: bem-sucedida na carreira, sabe lidar bem com a idade - sem perder beleza e sensualidade para o tempo -, e ainda carrega aquele ar desencanado de quem já aprendeu a se estressar só com o que é importante.


Aos 60 anos, Eliane Giardini fala de beleza e afirma que é cantada na rua

É assim na hora de falar que nunca se achou bonita ou sensual, e contar como se surpreendeu ao ter que emprestar esse lado para personagens como a Muricy, de ?Avenida Brasil?, ou a Dona Patroa, de "Renascer", entre outros. Ou na hora de assumir que, quando precisou, fez plástica, sim. Mas hoje prefere o pilates, a dieta e a análise, já que, segundo ela, gente bonita, é gente com cabeça boa.

Foi nesse clima descontraído que a atriz estrelou um ensaio de moda, em meio ao cenário charmoso do hotel La Suite, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e falou sobre o que é ser mulher na terceira idade em pleno século XXI. Dona de um estilo clássico, Eliane vestiu branco, tendência do Inverno 2013, e mostrou algumas combinações possíveis para todas as idades.


Aos 60 anos, Eliane Giardini fala de beleza e afirma que é cantada na rua

Aos 60 anos, Eliane Giardini fala de beleza e afirma que é cantada na rua

Aos 60 anos, Eliane Giardini fala de beleza e afirma que é cantada na rua

Fonte: EGO