Após doença de Maria Melilo, saradas falam sobre o uso de anabolizantes

Lizy Benites, que durante anos negou a ingestão de esteroides, confessa ter usado: "Não queria incentivar outros a tomarem. Fiquei quase careca".

A entrevista que Maria Melilo deu ao "Fantástico" no último domingo, 10, além de comovente, teve um tom preocupante. Em busca de um corpo perfeito, a ex-BBB pode ter colocado a própria vida em risco. Com propensão à doença, Maria desenvolveu um câncer no fígado. Há poucos dias, ela retirou 70% do órgão em uma cirurgia que durou cerca de dez horas. O uso indiscriminado de esteroides anabolizantes pode ter agravado e acelerado o quadro. "Eu era magrinha, tinha 13 anos quando comecei a malhar, aí com uns 20, 21 anos de idade comecei a tomar anabolizante, e aí não parei. Acho que foram sete anos ao todo, até os meus 26, 27 anos?, revelou Maria ao programa.


Após doença de Maria Melilo, saradas falam sobre o uso de anabolizantes

Admitir a utilização de anabolizantes entre as saradas é quase a confissão de um crime. Ou uma propaganda e tanto. Por isso, a ex-panicat Lizi Benites sempre dizia em entrevistas que não fazia uso das substâncias. Tudo era fruto de seu "empenho e dedicação aos treinos". "Mesmo com o acompanhamento médico, eu sabia que era perigoso. Você está colocando sua vida em risco, mas eu não queria colocar a vida de mais ninguém em risco. Então, eu dizia que não tomava nada, que eu só treinava, até porque eu acho que é possível você atingir um corpo legal tendo uma boa alimentação e um bom treino a longo prazo", revela.

A ex-panicat sucumbiu à promessa de um corpo rasgado em pouco tempo após começar a usar biquíni no "Pânico". "Era um topzinho, uma sainha, uma coisa mais menininha. Depois, foram entrando as outras meninas que eram mais fortes. Lutei muito para não tomar. Porque eu gostava de ser magra, era modelo antes de tudo. Mas depois veio o biquíni... Eu chegava no camarim, via aquelas bundas perfeitas e alava: "Meu Deus do céu"".

As consequências foram muitas para ela. Não tão graves quanto para Maria Melillo. "Meu rosto ficou com muita espinha, mas o que mais pegou foi a queda de cabelo. Fiquei quase careca. Mas pelo menos eu tive acompanhamento médico, então ele me dizia a hora de parar. Chegou um ponto em que o médico me disse: "Olha, você tem que parar porque está com o seu fígado prejudicado".

E altera a libido, sim. Enquanto toma, fica com a libido muito alta porque seu nível de testosterona está lá em cima. Quando você para de tomar cai muito bruscamente porque seu corpo não está mais acostumado a produzir isso naturalmente", explica Lizi.

Michelly Crisfepe, hoje atleta bodybuilder, também admite o uso. Mas moderado. "Por quinze dias tomei Oxandrolona. Foi na época do carnaval e eu queria secar em pouco tempo. Mas foi uma dose mínima e receitado por médico", conta ela, que esteve no "Big Brother Brasil", na mesma época em que Maria: "Acho que ela fez um drama com isso. Não lembro de a Maria ter o corpo de quem tomava tanto anabolizante a ponto de desenvolver uma doença como um câncer". Michelly garante que atualmente faz uso apenas de suplementos alimentares e de Whey Protein.

Dani Vieira - a "Mulher Pupunha" de "Sangue Bom" -, que já foi dessas mulheres chamadas "cavalonas", não quer nem saber do assunto.

"Prefiro ter uma alimentação balanceada, malhar tranquilamente. Mas claro que já fiz coisas em nome da vaidade. Usei Lipostabil na barriga, mas não recomendo a ninguém. Nas academias, se quiser, qualquer um consegue anabolizante. Eu sempre tive medo de tomar e disse não", garante ela, que viu uma amiga ficar completamente careca por conta dos hormônios que tomou.

Dani Sperle, que malha religiosamente de domingo a domingo, já teve a oportunidade de consumir esteroides. "Sempre tive medo pela minha saúde. Até os suplementos sobrecarregam rins e fígado. Imagina o anabolizante. E eu gosto de beber de vez em quando. Não daria mesmo", avalia.

Já para Renata Molinaro o limite sempre é o espelho. "Sei que muitas pessoas não se reconhecem saradas, querem sempre mais. Eu mesma acho que posso crescer um pouco mais nas pernas, já que tenho 1,74m. Mas não tomaria hormônio para isso de jeito nenhum", garante.

Fonte: EGO