Aprenda a massagem que ameniza olheiras

Com movimentos delicados e ajuda de cremes, é possível drenar o inchaço da região

Se a celulite é a principal reclamação quando o assunto é corpo, as olheiras são as campeãs quando o assunto são os cuidados com o rosto. O cansaço acumulado, as noites mal dormidas e o estresse só agravam o quadro e o pior de tudo é que às vezes nem a maquiagem consegue escondê-las.

O inchaço ao redor dos olhos também incomoda muito e várias pessoas passam o dia lacrimejando. Como solução para esses problemas tão comuns, os esteticistas e dermatologistas recomendam a massagem no redor dos olhos.

De acordo com Rose Matta, esteticista e consultora da Vita Derm, a massagem nessa região funciona como uma drenagem linfática e faz com que os líquidos acumulados na parte superior e inferior dos olhos sejam escoados pelo canal lacrimal (parte do rosto localizada na junção interna das pálpebras superior e inferior, indicada na foto pela bolinha vermelha).

<br><img src="http://static.meionorte.com/uploads/imagens/carmemdea/012010/40f49b188ba3e29c78cb985234b8d629.jpg" width="450" height="338" /><br>

- Se feita duas vezes por dia, ao acordar e na hora de dormir, a massagem é capaz de diminuir o inchaço e melhorar a aparência das olheiras. Ela deve ser feita tanto na pálpebra superior quanto na inferior e é bom contar com a ajuda de cremes específicos para a região dos olhos, pois se cair produto no globo ocular, o risco de haver alergia é muito menor.

- O ideal é procurar por cremes que já são formulados para o problema das olheiras e que tenham substâncias estimulantes, como alcaçuz, isoflavona e fitohormônios. Para o dia é indicada a textura em gel, que é mais fluida e suave e. Já para a noite, é possível investir em texturas cremosas e mais densas. De acordo com Rose, são necessários dois minutos em cada olho pela manhã e mais dois à noite.

Mas atenção: como a região dos olhos possui um tecido mais frágil e delicado, é preciso tomar cuidado para não puxar a pele - o que estimula a flacidez. Como fazer Segundo a esteticista, o dedo anular deve deslizar suavemente e com leve pressão, indo do canto interno da pálpebra superior para o externo.

Depois, deve-se começar novamente do canto interno dos olhos, mas na parte inferior, e ir em direção ao canto externo. A massagem deve começar no canal lacrimal e terminar na outra extremidade (como mostram as setas da foto ao lado).

- Finalize dando leves batidinhas com a ponta do dedo indicador e do dedo médio, alternadamente, sempre seguindo a ordem das setinhas da foto. A pressão e compressão ajuda a bombear o líquido retido. Assim que acabar os movimentos, feche os olhos e, também com o dedo anular, pressione o canal lacrimal por dez segundos, fazendo um pequeno círculo.

Isso vai fazer com que você não fique lacrimejando no decorrer do dia e vai garantir que a maquiagem não borre e nem escorra pelo excesso de lágrimas. Dica do R7: À noite, experimente passar nas olheiras óleos com ativos naturais indicados para serem usados no rosto.

O óleo de amêndoas para bebês, o óleo de argan e os óleos com extratos de plantas deslizam facilmente na pele e garantem a hidratação da região. Para o dia, procure por um primer formulado com pigmentos refletores, que captam e devolvem a luz, dando uma iluminada no olhar e suavizando as olheiras. Cremes com fitoativos, antioxidantes e vitaminas C e E também são bons aliados contra as olheiras e a flacidez da região.

Fonte: R7, www.r7.com