Aprenda a usar o pó translúcido sem cometer erro comum entre famosas

Versão moderna do antigo pó de arroz, o pó translúcido dá o toque final na maquiage.


Aprenda a usar o pó translúcido sem cometer erro comum entre famosas

Versão moderna do antigo pó de arroz, o pó translúcido dá o toque final na maquiagem, eliminando o brilho da pele e fixando a produção. Mas, afinal, do que se trata esse produto? Geralmente um pó solto - embora existam versões compactas -, branco ou rosado, ele forma uma espécie de véu transparente e bem fininho sobre o rosto. Acha estranho passar um pó branco na pele? Fique tranquila. Ele tem essa coloração simplesmente por que não possui pigmento de cor, como os pós comuns, e por isso "some" na pele. Os mais modernos também oferecem acabamento HD (high definition) ? produzidos originalmente para serem usados em transmissões de TV de alta resolução, não marcam vincos, escondem imperfeições com leveza e têm longa duração. Outra vantagem do translúcido é que ele se adapta a quase qualquer tom de pele. As mais morenas ou negras, no entanto, devem dar preferência a pós coloridos, já que o translúcido pode deixá-las com uma coloração acinzentada nada bem-vinda.

Que pincel eu uso?

Para espalhar o produto sem erro, use um do tipo vassourinha (também conhecido como leque). "Ele facilita a dosagem da quantidade de pó, pois já ?varre? o excesso no momento da aplicação", diz a maquiadora Bel Luscher, do Beauty Bar des Jardins, em São Paulo (SP). Se você não possui essa ferramenta, tudo bem: aquele pincel tradicional de pó, bem gordinho e redondo, também funciona. Nesse caso, no entanto, cuide para não aplicar muito produto. Encoste as pontas das cerdas no pó, remova o excesso sacudindo o pincel de leve na tampa da embalagem ou na pia e só então aplique, em movimentos circulares bem suaves, sem esfregar o pincel na pele. Esfume muito bem!

Onde aplicar?

A princípio, não existem regras: o pó pode ser usado em todo o rosto. "Eu costumo passar depois da base e do corretivo, no rosto inteiro, para ?selar? o make. Depois da produção finalizada, aplico mais um pouquinho só para corrigir o brilho da pele oleosa, caso seja necessário", diz o maquiador Giuliano Rezende, do salão Marcos Proença, em São Paulo (SP). Uma opção para quem não é profissional e não quer correr o risco de exagerar na dose é aplicar apenas na zona T (centro da testa, laterais do nariz e queixo) depois da base e do corretivo. E mantenha o pincel longe da área ao redor dos olhos e da boca ? o pó pode se acumular nas pequenas linhas de expressão e causar um efeito pra lá de feio.

Evitando escorregões

Uma foto da atriz Nicole Kidman com traços de pó abaixo dos olhos e ao redor do nariz correu a web, o mesmo aconteceu com a atriz Débora Nascimento com um infeliz "bigodinho branco". Um mico! O que aconteceu? "O pó translúcido contém partículas que refletem a luz. Depois do make pronto, o produto fica invisível sob a luz natural. Mas bastou a luz intensa de um flash disparar bem no rosto da atriz para que ficasse evidente", explica Giuliano Rezende. Para evitar sair nas fotos com o rosto todo branco, a única saída é esfumar, esfumar, esfumar. Espalhe muito bem o produto e, se mesmo assim tiver dúvidas, faça o teste: bata uma foto sua com flash antes de sair de casa.

Dicas dos experts

Leve o pó na bolsa e aplique uma camada bem fininha sempre que perceber a pele brilhando.

Vai usar sombras escuras? "Antes de começar, aplique de três a quatro camadas generosas de pó translúcido na parte inferior das pálpebras. Com o make do olho pronto, retire muito bem o excesso do pó com um pincel limpo. Assim, os resíduos de sombra que caem nos seu rosto durante a maquiagem desaparecerão", diz o maquiador Pablo Weber, do Vimax Art Hair Beauty, em São Paulo (SP).

Atenção: elimine completamente os resíduos do pó branco, para não fazer a Nicole Kidman nas fotos!

Sempre use um pincel limpo e seco. De preferência, tenha um só para esse tipo de pó.

Quanto mais fina a textura do produto, melhor.

Fonte: UOL