Atriz Carla Diaz faz ensaio de biquíni e declara: "Sou um mulherão de 1,53m"

A atriz segue uma alimentação saudável e gosta de praticar aula de dança e treino funcional: "Eu me preocupo com o corpo, mas não é uma neurose"

Carla Diaz, 23 anos, ainda surpreende muita gente ao mostrar que não é mais aquela menininha que estreou na TV ainda bebê: "Como eu comecei com 2 anos e meio, as pessoas se acostumaram a me ver crescendo. Me viram na fase bebê, criança, pré-adolescente, adolescente, adulta. É natural que as pessoas olhem e falem: "Nossa como você está grande". É legal, isso mostra que eles me acompanharam, mostra o carinho do público", conta ela.

A atriz, que namora o empresário Felipe Lombardi há nove meses, disse que se considera uma mulher com várias facetas: "Sou um mulherão de 1,53m. Ser um mulherão depende muito da interpretação. Eu posso fazer vários tipos de mulheres como atriz, desde uma menininha até uma mais madura, tenho essa vantagem".

Carla conta que para manter a boa forma tenta seguir uma alimentação saudável e se exercita sempre que possível. "Estou voltando a malhar com personal até três vezes por semana. O treinamento com ele é mais funcional, com exercícios aeróbicos. Eu gosto de variar. Quando tenho tempo, faço a minha aula de dança, a professora ainda é a mesma da época da novela "O Clone"", diz ela, lembrando a trama da Globo que marcou sua personagem com o bordão "Inshalá".

Mas a loira diz que não é o tipo de pessoa que vive fazendo regime : "Como de tudo, bebo refrigerante. Afinal, a gente tem que viver e ser feliz, né?. As pessoas acham que os artistas vivem de dieta... É engraçado. Você pode comer de tudo, mas moderadamente. Eu como algumas besteirinhas, mas também adoro legumes, vegetais, salada e tomo bastante água. Tem que saber dosar, meu método de alimentação é esse".

Carla diz que se preocupa com o corpo, mas não de uma forma exagerada: "Como toda mulher, eu me preocupo, é natural, mas não é uma neurose. Minhas amigas brincam que tenho uma boa genética. Acho que tenho (risos). Mas essa preocupação também ocorre pelo meu trabalho. Sei que muita gente valoriza um corpo legal".

A loira aponta as partes que mais gosta: "Gosto muito do meu cabelo, é natural, é meu xodó. Gosto também do meu olhar, ele remete a minha infância, aquela menina que as pessoas falam na rua". A atriz conta também que está satisfeita com seu físico: "Não mudaria nada em mim, sou feliz assim. Se a gente não gostar da gente, quem vai gostar?".

Na telinha, Carla comemora o papel na minissérie "Milagres de Jesus": "O público vai me ver de outra forma. É uma uma personagem revolucionária, uma mulher à frente do seu tempo, madura".

Já nas telonas ela faz sua primeira protagonista no filme "O sequestro na rede social" , que estreia nesta quinta-feira, 10. Na história, ela vive Alessandra Saad, uma jovem que expõe a vida na internet e acaba sequestrada: "Fiquei muito feliz de ter feito. É um alerta aos usuários sobre como a exposição pode se tornar uma coisa perigosa?.

Na vida real, a loira diz que nunca passou por uma situação como a retratada no filme: "Demorei a entrar nas redes sociais e agora virou um vício. Sou da época em que as pessoas ainda mandavam cartam e hoje é muito mais rápido pelo Facebook, Twitter, Instagram. Eu uso mais para divulgar trabalho, poucas vezes coloco coisas da vida pessoal, mas uso porque temos que retribuir o carinho dos fãs. Faço com cuidado?.


Atriz Carla Diaz faz ensaio de biquíni:

Atriz Carla Diaz faz ensaio de biquíni:

Atriz Carla Diaz faz ensaio de biquíni:

Atriz Carla Diaz faz ensaio de biquíni:

Fonte: EGO