Bioplástica capilar recupera os cabelos

Procedimento feito à base de microfilamentos de queratina e ácido eicosanóico recupera o brilho

Fatores ambientais e até as lavagens diárias podem comprometer a integridade dos nutrientes dos cabelos que são removidos com facilidade quando submetidos a produtos de pH alto como escovas progressivas, tinturas, luzes, chapinhas e alisamentos. Para recuperá-los, os centros estéticos estão fazendo uso da chamada bioplástica capilar, um tratamento que atua em todas as estruturas das fibras capilares.

“Com esse método, objetiva-se reduzir a quebra dos fios em até 45%”, afirma a terapeuta capilar Sheila Bellotti, proprietária do centro estético homônimo que disponibiliza a técnica. O procedimento é feito à base de microfilamentos de queratina e ácido eicosanóico que consegue repor a massa capilar, proporcionando brilho e maciez, além de melhorar a penteabilidade e proteger contra a ação dos raios solares e radicais livres.

Os microfilamentos de queratina tem estrutura similar a queratina do córtex capilar e por isso é facilmente reconhecida e incorporada aos fios durante este tratamento. O ácido eicosonóico, substância encontrada em abundância na estrutura capilar, repõe as gorduras naturais perdidas. Este ativo devolve a maciez e brilho aos cabelos. Recomenda-se 12 sessões, com intervalo semanal, para recuperar a saúde dos fios. “O preço médio de cada sessão custa R$ 100,00’, diz Sheila.

Fonte: Abril, www.abril.com.br