Blogueira emagreceu 17 kg e definiu o corpo em apenas 10 meses. Fotos!

Hoje, com um corpo definido e livre de gorduras, ela conta que sua maior felicidade foi entrar na calça 36 e poder vestir roupas justas.

Marina Iris estava com 78 kg após passar por dois abortos traumáticos. Após o segundo, ela resolveu mudar de vida e olhar para si de outra forma: "Fiquei 10 anos sem colocar biquíni. Recusava viagens para a praia por causa disso. Vivia me escondendo atrás das roupas", contou em entrevista ao R7.

Hoje, com um corpo definido e livre de gorduras, ela conta que sua maior felicidade foi entrar na calça 36 e poder vestir roupas justas, sem se preocupar com o que os outros iriam pensar. Leia a entrevista completa e saiba como Marina conquistou um corpão em dez meses!



Quando era adolescente, Marina tinha um corpo magro e praticava exercícios. Mas, assim que começou a namorar seu atual marido, em 2000, deixou a academia de lado e se confortou com uma autoestima já definida. Até então, ela estava na faixa dos 60 kg que cabiam bem em seus 1,71 m de altura.



Após o casamento, em 2002, Marina relaxou de vez e engordou mais 10 kg.

? Era miojo, pizza, refrigerante todos os dias. Eu não sabia cozinhar. Depois de um mês de casada eu engravidei, e aí pensei: ?vou comer de tudo?.

Porém, Marina sofreu um aborto. Em uma segunda tentativa, abortou novamente. As consequências? Um emocional ferido e vários quilos a mais.



Decepcionada com sua condição, Marina, aos 30 anos, resolveu mudar de vida.

? Peguei gosto pela alimentação e atividade física. Eu vi os resultados positivos, logo no primeiro mês eu perdi 4 kg.

Em dez meses, a publicitária perdeu 17 kg e definiu seu corpo com muita malhação e alimentação saudável.



Ao decidir mudar de vida, a primeira coisa que Marina fez foi procurar uma reeducação alimentar e fugir de dietas que não traziam resultados duradouros.

? Eu não queria fazer dieta. Eu queria aprender a comer corretamente para o resto da vida. Eu fui por conta, mesmo, sem procurar um nutricionista. Procurei a reeducação alimentar e vi que poderia trocar alimentos e comer coisas mais saudáveis.



Para Marina, que conta sua história de sucesso no blog By Marina, a parte mais difícil do emagrecimento foi deixar o chocolate de lado.

? Eu sofri muito com tudo. Não foi nada fácil. O doce, principalmente, fez muita falta. Fiquei estressada, brigava com todo mundo. Foi horrível. Mas foi positivo a longo prazo.

Por sorte, o marido dela é educador físico e a ajudou muito com dieta e exercícios.

? Eu tive o apoio do meu marido para começar tudo isso. Quis ficar cada vez mais bonita para ele. Ele fez comigo a dieta. Não passei vontade, sabe? Só tinham coisas saudáveis em casa.



Exercícios aeróbicos e musculação viraram a paixão de Marina que, quando sente vontade, até desmarca compromissos para se dedicar à academia.

? É uma rotina diferente. Nunca gostei de fazer aeróbico, mas precisei fazer para mudar o metabolismo. Foi complicado. Eu fazia pelo menos três vezes na semana de 30 a 40 minutos de esteira. Faço mais musculação no dia a dia e aos fins de semana, corro com o meu marido.

Benefícios? Um ânimo diferenciado para dormir, acordar e curtir a vida.

? Com os quilos a menos, a minha autoestima ganhou outra força. Deu uma boa animada na vida! Senti diferença até na minha pele, que deixou de ser menos oleosa.



Mesmo com um corpão e uma alimentação e rotina regradas, Marina se dá ao luxo de fazer o "dia do lixo".

? Todo sábado eu faço o dia do lixo. Eu faço À noite, que eu saio para comer. Mas não posso exagerar, no domingo eu sempre passo mal.

Para driblar, Marina toma um suco verde para limpar e desintoxicar o organismo.



Fonte: r7