Bolsas pesadas usadas por ex-Spice Girl podem causar doenças

Bolsas pesadas usadas por ex-Spice Girl podem causar doenças

Tabloide britânico diz que o modo como a ex-Spice Girl carrega suas pesadas itbags pode causar problemas musculares batizados de "Poshitis".

Ícone de estilo, ex-Spice Girl, estilista de sucesso, mãe de família... São muitas as alcunhas de Victoria Beckham, mas a inglesa acaba de ganhar mais uma: "Poshitis" (mistura de "posh", apelido dela, com o sufixo "itis", usado em termos médicos com o significado de inflamação).

Explica-se: na última semana, o tabloide "Daily Mail" entrevistou o fisioterapeuta britânico Sammy Margos, que criou o termo para designar um grupo cada vez maior de mulheres que desenvolvem problemas musculares e inflamações no ombro por causa do hábito de carregar bolsas cada vez mais pesadas no cotovelo, da mesma forma que Victoria.

Exageros à parte, conversamos com o ortopedista André Jorge para descobrir se o problema é mesmo tão grave. "O grande problema de carregar bolsas pesadas no cotovelo é que o peso acaba causando uma tração para baixo. Se isso for feito repetitivamente, pode causar problemas como tendinite, inflamação da musculatura, dor nas articulações e distenções musculares", explica o médico.

Segundo ele, o peso da bolsa deve chegar a, no máximo, três quilos. "Além de usar bolsas mais leves, o ideal seria usar modelos que podem ser carregados no ombro, por exemplo, já que não vai mais ter a carga no cotovelo tracionando o músculo para baixo. Além disso, seria bom dedicar um tempo para o fortalecimento da musculatura do ombro, que consegue resistir mais tempo a esse tipo de trauma", afirma.

Apesar disso, o ortopedista faz uma ressalva. "Mesmo as mulheres que têm o músculo mais fortalecido podem desenvolver problemas por causa do peso da bolsa, a diferença é que pode demorar um pouco mais para elas sentirem algum tipo de incômodo na área".

Para evitar o problema, não tem fórmula mágica. "Variar o tipo de bolsa, praticar atividade física para fortalecimento do músculo e bom senso são o mais importante. Quem já estiver sentindo algum tipo de dor deve procurar um médico que, provavelmente, vai receitar medicação para tratar a inflamação e, caso o problema persista, sessões de fisioterapia", completa André Jorge.

Fonte: EGO