Cara do verão! Apresentadora pratica slackline para manter sua boa forma

"Perdi logo três quilos", conta Elea Mercurio, do "Batalha de quiosques" na MTV. O esporte melhora postura, concentração e ainda seca

Academia que nada, a boa é colocar o "projeto verão" em prática ao ar livre, é o que acredita Elea Mercurio, atriz e apresentadora do programa "Batalha de quiosques" da MTV. Elea anda de patins, bicicleta e skate, mas sua atividade preferida é o slackline. "Quando comecei a fazer, emagreci três quilos logo de cara. Não tinha dieta nenhuma, suava muito", conta. Praticado por outras celebridades como Gisele Bündchen, Giovanna Ewbank, Márcio Garcia e Caio Castro, o esporte melhora a postura, concentração e ainda fortalece os músculos.


Cara do verão! Apresentadora pratica slackline para manter sua boa forma

"Malhar definitivamente não é a minha praia. O "slack" movimenta o corpo inteiro e até músculos internos que geralmente não são trabalhados na academia", diz Elea. A apresentadora, que interpretou a garota de programa Kiki em "Avenida Brasil", exibe nas praias cariocas a sua boa forma, com 57kg e 1,73m de altura. E a eficácia da atividade física é incontestável. Em menos de trinta minutos de prática, durante as fotos, Elea já sentia o trabalho nos músculos das pernas, braços, abdômen e glúteo.

A primeira vez em que Elea subiu no slackline foi no verão de 2011, quando os coqueiros da praia de Ipanema, Zona Sul do Rio, começavam a ser interligados com fita para a prática do esporte. A partir de então, a apresentadora incluiu o esporte na rotina semanal e costuma passar quatro horas por dia nos fins de semana "brincando" na corda. "É legal intercalar com outras pessoas também, assim ficamos conversando e não cansa tanto", conta. Mesmo quando viaja ou fica semanas sem praticar, Elea não regride. "É como andar de bicicleta, a gente aprende e não esquece mais", conta.

"Para conseguir se equilibrar é importante não olhar os pés, fixar num ponto fixo no horizonte, manter os braços sempre acima da cabeça e confiar", ensina o instrutor Ely, que completa: "Até os dedos podem ajudar a recuperar o equilíbrio". A apresentadora também se arrisca a dar dicas de segurança. "Tem sempre que amarrar a catraca em volta do coqueiro, a deixando o mais próximo possível dele para que, caso a fita solte, não machuque o praticante", aconselha.

O esporte não tem contraindicações ou oferece risco, se feito com prudência. Vale, para os iniciantes, procurar um instrutor ou alguém com experiência para ajudar nos primeiros passos na corda. O slackline pode ser praticado em parques, praias, e até em locais fechados.


Cara do verão! Apresentadora pratica slackline para manter sua boa forma

Veja as diferentes modalidades de slackline:

Trickline - Com manobras de salto e equilíbrio extremo, é a categoria mais praticada e exige muita habilidade. É realizada com a fita a, pelo menos, 60 centímetros do solo.

Longline - Prática em fitas com o comprimento a partir de 20 metros. Exige condicionamento físico já que, quanto maior o comprimento, mais força muscular é necessária para manter o equilíbrio.

Highline - Se você tem medo de altura, fuja dessa modalidade.

Praticada em alturas superiores a cinco metros, exige conhecimento técnico, concentração e preparo físico. Também é importante praticar com equipamentos de segurança.

Waterline - É o esporte feito sobre a água - em praias, piscinas ou rios. O objetivo é não cair, mas num dia de verão uma queda não será tão ruim assim.

Surfline - Muito praticada como treinamento de equilíbrio para surfistas. Nessa categoria, deixa-se a fita mais solta e flexível, simulando os movimentos de equilíbrio do surfe.

Yogaline - É a prática da ioga sobre a fita do slackline, exige muita concentração e conhecimento das duas atividades.

Fonte: EGO