Carnaval de SP tem fantasia ao preço de R$ 105 mil

Fantasias que custam mais de R$ 100 mil e carros alegóricos com 70 metros

R$ 105 mil - É o preço da fantasia mais cara na primeira noite da festa paulista, usada pela modelo e apresentadora Caroline Bittencourt, um dos destaques da Unidos do Peruche. O traje é banhado a ouro e conta com 3 mil cristais Swarovski e 700 penas de faisão albino. A alegoria foi bancada por um patrocinador e representa a riqueza do Teatro Municipal, que é homenageado por completar 100 anos.

1 mil penas de rabo de galo - A rainha de bateria da Rosas de Ouro, Ellen Roche, desfilou vestida de Sherazade, a heroína do clássico livro "As Mil e Uma Noites". A fantasia tinha cerca de mil penas de rabo de galo e trezentas penas de faisão. Faz 11 anos que a atriz desfila pela escola paulistana.

70 metros - É o comprimento de um dos maiores carros alegóricos a percorrer o Sambódromo do Anhembi. A equipe técnica da Vai-Vai encontrou dificuldades para colocá-lo na avenida. O carro abre-alas - na verdade três alegorias acopladas - sofreu uma pequena avaria na lateral durante a entrada na avenida.



4 claras de ovo diárias - É a quantidade de proteína que a musa da da Acadêmicos do Tucuruvi, Valéria de Paula, come por dia para manter a forma. No cardápio da rainha de bateria há quatro anos, também está batata doce, para "segurar" a musculatura.

14 mil camisinhas - O governo do Estado de São Paulo distribuiu no Anhembi, 14 mil camisinhas para o público que vai assistiu ao desfile do grupo especial das escolas de samba da cidade. A campanha "Sem camisinha não dá" pretende alertar os foliões sobre os perigos do sexo sem o uso de preservativos.

5 quilos a menos - Foi quanto a Ex-Panicat e apresentadora da Rede TV!, Tânia Oliveira, eliminou na academia para encarar a avenida mais magra.

800 bailarinos - É a quantidade de dançarinos que a Unidos do Peruche contratou para animar seu desfile, que abriu o Carnaval paulistano com os passos delicados das bailarinas, mas terminou com troca de empurrões e lágrimas. A escola teve problemas com dois carros alegóricos e, por consequência, falhou na evolução e estourou o tempo da apresentação. As alegorias Carro da Música e Quebra-Nozes, 4º e 5º carros respectivamente, tiveram problemas e não desfilaram. O segundo ainda foi empurrado depois do desfile e chegou a receber aplausos do público.

1 mil táxis - Os foliões presentes no Sambódromo do Anhembi têm mil táxis à disposição para o retorno para a casa. Esse é o total de veículos cadastrados pela Empresa de Turismo e Eventos da Cidade de São Paulo (SPTuris) para o carnaval deste ano.

2 mil jornalistas - A cobertura do Carnaval de São Paulo atraiu 2 mil jornalistas de 100 veículos brasileiros e internacionais. Segundo informou a São Paulo Turismo (SPTuris), a festa no sambódromo está sendo acompanhada por profissionais de Brasil, Estados Unidos, França, Alemanha, Japão e Chile.

R$ 2 milhões - É o investimento feito pela campeã do Carnaval do ano passado, Rosas de Ouro, em destaques, carros e alegorias. O desfile da agremiação contou com cerca de 3.500 componetes, 5 carros alegóricos e 25 alas.

3 mil integrantes- Foi a quantidade de componentes da Pérola Negra, que desfilou com o enredo ?Abraão ? O Patriarca da Fé?, com 21 alas e em cinco carros alegóricos.

7 anos à frente da Mancha - A musa Viviane Araújo desfilou como rainha de bateria da Mancha Verde pela sétima vez. É um contraste com a novata , mais conhecida como Juju Panicat, que pela primeira vez foi musa no Carnaval com o convite da mesma escola. Juju diz que passou em média 1h30 por dia na musculação nos últimos meses se preparando para o desfile.

29 alas - Foi a quantidade de alas que a Acadêmicos do Tucuruvi que o carnavalesco Wagner Santos usou para homenagear os migrantes e a cultura nordestina. Ao todos foram Foram cinco carros alegóricos, que mostraram as festas juninas, as quadrilhas e as comidas típicas.

19 graus - A chuva caiu e parou durante boa parte da noite e madrugada. A plateia não se incomodou com o frio atípico para esta época do ano, com termômetros marcando 19 graus. A temperatura variou entre 16 e 25 graus, segundo a Climatempo.

700 PMs - A estrutura de segurança do Sambódromo é composta por 700 policiais militares no total, 150 policiais civis por dia, 98 guardas civis metropolitanos no total, 1.330 agentes privados por dia, 70 bombeiros e 26 câmeras de monitoramento do público, nos acessos e arquibancadas.

5 mil vagas - O estacionamento de carros tem 5 mil vagas. Quem for de automóvel desembolsa R$ 25. Já os motociclistas pagam R$ 15.

Fonte: IG