Confira dicas de qual o biquíni ideal para você vestir neste verão

O modelo da roupa de banho adequado é fundamental e o fio dental está fora desta lista.


O verão se aproxima e grande parte dos brasileiros escolhe a praia para desfrutá-lo. Ninguém, principalmente entre as mulheres, quer fazer feio nos desfiles de biquíni à beira-mar. Se a intenção for atrair olhares admirados, o modelo da roupa de banho adequado é fundamental e o fio dental, apesar de bastante comum entre as brasileiras, está fora desta lista.

"Acho degradante, uma exposição do corpo exagerada e só fica bem em mulheres perfeitas, sem qualquer celulite ou quilo a mais", criticou a professora de moda da Faculdade Belas Artes, Dhora Costa. A primeira coisa a fazer no momento de escolher um biquíni é uma avaliação do próprio corpo, segundo Dhora. "É preciso ser realista e ver como está o físico", disse.

As mulheres mais curvilíneas devem evitar biquínis muito cavados, pois eles aumentam as proporções do corpo. Já as mais magrinhas podem usar alguns truques para dar volume ao seio e bumbum. Uma mulher com até 90 cm de busto e de quadril se encaixa no tipo magro, já as com medidas acima desta são as curvilíneas, classificou Dhora. "É importante ver a proporção também", completou ela.

A tendência para este verão inclui rosa, verde e cores luminosas. As estampas florais, de bolinha e listras também devem fazer parte da coleção praia, de acordo com Dhora. O professor e especialista em moda praia da faculdade Santa Marcelina, Márcio Ito, prevê a volta dos animal prints. "Animais novos, como formigas e libélulas, e folhagens devem fazer parte das estampas das peças", disse ele.

"A tendência é um exótico mais sofisticado", acrescentou. Veja a seguir as dicas de Dhora Costa e Márcio Ito sobre os tipos físicos que combinam com cada modelo de biquíni.

Quadris largos

"Quem tem muito bumbum e quadris largos deve usar calcinhas com as laterais mais largas, nada é mais desconfortável do que uma peça dividindo a gordura", afirmou Ito. Segundo ele, a lateral larga disfarça o quadril e dá uma aparência mais esguia. Além disso, de acordo com Dhora, a calcinha maior esconde imperfeições como celulite e estrias. "Aquele modelo com laços nas laterais nem pensar para quem tem quadris largos ou pneus", acrescentou e ressaltou que a calcinha não deve ter detalhes.

Quadris estreitos

"Elas devem escolher calcinhas com detalhes, para fazer a região ficar mais chamativa", aconselhou Ito. A peça pode ter fivelas, trançados e até laços nas laterais, enumerou o especialista. Os modelos em que a calcinha ganha uma espécie de cinto também ajudam a criar volume aos quadris, segundo sugestão da professora Dhora.

Seios grandes

"Se for cortininha tem que ser grande e com pano que cubra as laterais", alertou Dhora. Segundo ela, deixar grande parte dos seios descobertos os tornam, aparentemente, mais volumosos. O ideal, para Márcio Ito, é o modelo similar ao sutiã comum, com um aro que ajude na sustentação. "Ele dá um desenho no colo, segura mais e sustenta", descreveu. As mulheres com seios grandes devem evitar o tomara que caia, se não quiserem sofrer desconforto. Caso realmente queiram esta opção, Ito sugere o uso de alças no momento em que for nadar, por exemplo.

Seios pequenos

Os biquínis com bojo são os mais eficientes em dar um pouco de volume e forma aos seios pequenos, na opinião de Ito. "Um modelo que está bastante em alta é o tomara que caia de busto torcido - que é torcido entre o suporte de um e outro seio", sugeriu. Para quem tem ombros largos, porém, o tomara que caia não é aconselhado. Dhora explica que o modelo faz os ombros parecerem mais largos. "Neste caso é melhor o cortininha frente única, pois ele corta as laterais dos ombros e deixa a mulher mais estreita", justificou.

Barriga saliente

"Ninguém merece uma barriga pendurada", disse Dhora. A mulher que não está em forma precisa admitir e escolher uma calcinha de biquíni que segure os excessos. "Um modelo mais alto, pouca coisa abaixo do umbigo sustenta a barriga e culotes e modela mais o corpo", sugeriu a professora de moda. Outra opção para quem não se sente confortável com o abdômen é o maiô frente única, conhecido como o "engana a mamãe", segundo Ito.

Estampas

"Para quem tem muito busto ou quadril listras e bolas nem pensar", disse Dhora sobre biquínis estampados. Segundo ela, os desenhos dão mais volume ao corpo e o ideal para as curvilíneas são os modelos lisos. Se for para escolher uma estampa, Dhora sugere listras estreitas. Já as mulheres magras podem usar e abusar das estampas para valorizar o corpo.

Cores

O professor Márcio Ito acredita que não existe uma regra em relação as cores dos biquínis, no entanto, ele afirmou que quando há contraste as peças caem melhor. Por exemplo, uma mulher muito branca com um biquíni preto ou azul marinho. Já as mulheres mais morenas, ele aconselha o uso de biquíni branco ou amarelo.

Fonte: Terra