Cuidados à base de ouro e diamante mantêm pele jovem

Cuidados à base de ouro e diamante mantêm pele jovem

Esteticistas defendem que minerais como ouro e diamante ainda remineralizam a pele, poupam colágeno e melhoram a hidratação

Presentes em composições de máscaras faciais, em cremes sofisticados e em diversos tratamentos estéticos, o ouro e o diamante são capazes de devolver a elasticidade da pele. Os tratamentos também prometem reduzir até mesmo rugas, linhas de expressão, poros dilatados e cicatrizes de acne, principalmente nas regiões do rosto e pescoço. Por isso, têm sido cada vez mais utilizados com a função de tonificar a cútis, trazendo glamour para a área estética.

Esteticistas defendem que minerais como ouro e diamante ainda remineralizam a pele, poupam colágeno e melhoram a hidratação. ?Tais benefícios são observados principalmente ao serem combinados com silícios orgânicos, retinol e vitamina C?, avalia Maurício Pupo, professor de cosmetologia e farmacêutico graduado pela PUC-Campinas.

Para uma pele de ouro

À base de ouro, é possível encontrar no mercado liftings e máscaras faciais potentes que prometem iluminar e dar mais vitalidade ao rosto. De forma geral, os procedimentos estéticos feitos com o metal são eficazes na regeneração celular e oferecem resultados a curto e médio prazo.

No caso do lifting de ouro, indicado para todos os tipos de pele, pois não possui efeitos colaterais, a estrutura atômica do metal é usada nas linhas de expressão para suavizar as possíveis depressões do rosto. Já as máscaras, que costumam contar também com o cálcio - poderoso mineral que hidrata e combate manchas de pigmentação -, promovem a revitalização da face que ajudam na regeneração de tecidos danificados.

Como é um potente anti-inflamatório e remineralizante, o ouro também ajuda a poupar o colágeno e a elastina - proteínas responsáveis por melhorar a firmeza e elasticidade da pele perdidas na medida em que a cútis fica sujeita a estímulos inflamatórios, como cigarro, sol, poluição, alimentação desequilibrada e carências nutricionais.

Brilho de diamante

O diamante é uma novidade na área da cosmética moderna, usada, principalmente, como abrasivo no peeling químico. ?Neste procedimento estético, usamos uma ponteira pequena, revestida de pequenos caquinhos de diamante para lixar a pele. Apesar de lembrar o peeling de cristal, o tratamento atua com um nível de abrasão na pele mais leve e é indicado para tratamentos mais superficiais?, explica Maria Fernanda Tembra, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

A quantidade de sessões necessárias varia de acordo com a condição da pele da paciente e do objetivo. Para afinar a pele e facilitar a absorção de cosméticos, recomenda-se de uma a duas sessões. Já para o clareamento de manchas, são necessárias entre cinco e dez. A remoção de cicatrizes de acne exige de dez a vinte sessões.

Cremes anti-idade e hidratantes

O ouro e o diamante também estão sendo incorporados em cosméticos anti-idade. ?Graças à nanotecnologia (conjunto de técnicas que manipulam átomos e moléculas em dimensões minúsculas), diversas empresas têm lançados cremes, loções, fluidos concentrados, géis, máscaras e até batons com diamante ou ouro que trazem benefícios importantes para a pele?, informa Maurício.

Entre as marcas que apostam nos minerais para garantir uma beleza preciosa à pele estão as internacionais La Prarie, Guerlain e Yves Saint Laurent.

Fonte: Terra