Da bucha à água morna: cuide da sua pele no banho com 5 dicas

Banhos quentes ressecam a pele e removem sua camada protetora, para compensar reduza o tempo do banho e hidrate a cútis com o produto específico

O banho é essencial para limpar a pele e retirar a sujeita e o suor, mas não é só isso. O tempo embaixo do chuveiro, quando bem aproveitado, pode ser tornar um verdadeiro ritual de beleza para cuidar da cútis, deixando-a hidratada e luminosa.


Da bucha à água morna: cuide da pele no banho com 5 dicas

Antes de começar, vale lembrar que água quente em excesso descama a camada protetora da pele, desidratando-a. Para manter o corpo aquecido, especialmente no inverno, diminua o tempo embaixo do chuveiro e após o banho passe hidratante com a pele ainda úmida. E atenção: cuidado com a bucha vegetal.

?A bucha vegetal descama a pele e pode até irritá-la, quando utilizada com força. Por isso, no dia a dia, deve ser usada apenas na sola do pé?, alerta Dr. Anderson Bertolini, dermatologista e diretor da Clínica Bertolini.

Conheça os principais cuidados para deixar sua pele lisinha e saudável durante o banho.

Use água morna: a água do banho deve ser morna e a temperatura ideal é de 20 a 25 graus. Os banhos quentes ressecam a pele e removem sua camada protetora. ?O ressecamento deixa a pele desprotegida favorecendo o aparecimento de problemas, como a dermatite?, afirma Dr. Fernando Freitas, dermatologista. Para compensar reduza o tempo embaixo do chuveiro e passe creme hidrante na cútis enquanto ela ainda estiver úmida.

Sabonete tem que hidratar: o sabonete precisa ser escolhido de acordo com o tipo específico da cútis. Todos precisam ter ação hidratante. Quem tem pele seca deve passar o produto apenas nas dobras e axilas. ?As outras regiões do corpo devem ser poupadas para não ressecar ainda mais a pele?, explica Dr. Anderson.

Óleo de banho e hidratante pós-banho: por ser um produto hidratante e amaciante, o óleo de banho pode ser associado ao hidratante corporal. O óleo promete criar uma camada protetora na pele, enquanto o hidratante penetra fundo, devolvendo o viço e o brilho.

Na banheira, use óleos essenciais: óleos essências são ideais quando usados no banho de imersão e de banheira, mas também podem ser aplicados embaixo do chuveiro. O óleo de amêndoas é o mais indicado. ?As propriedades desse óleo servem para suavizar e hidratar a pele?, comenta Dr. Fernando.

Cuidado com a bucha vegetal: a bucha vegetal retira a camada superficial da pele, removendo a oleosidade e ressecando a cútis. Apesar de serem conhecidas por ajudar na esfoliação, seu efeito mais prejudica do que auxilia a beleza da pele. Segundo dermatologistas, o ideal é fazer a esfoliação do corpo com cremes esfoliantes uma vez por semana e inutilizar o uso da bucha.

Fonte: Terra