Corpo: Dedos, ombros, mento, testa e mamilos: depilações mais incomuns

Nem todo mundo precisa, mas, em alguns casos, é necessário acabar com pelos incômodos em áreas além das habituais

Que virilha, pernas, axilas e sobrancelhas são os lugares mais comuns onde se faz depilação, todo mundo já sabe. Mas há algumas partes do corpo, umas mais escondidas outras bem em evidência, que ganham pelinhos incômodos e precisam ser depiladas.

Quem sabe onde fica o mento? Trata-se da pele entre o lábio inferior e o queixo, uma espécie de ?barbinha?, que costuma incomodar bastante. Em geral, quem tem buço costuma apresentar também um pouco de pelos no mento. ?Muitas mulheres vêem uma penugem nessa região e acabam pedindo para retirar?, explica Regina Jordão, diretora do instituto de depilação Pello Menos.

Pelos no rosto, aliás, são verdadeiros inimigos da beleza feminina. Quem tem a testa com muitos pelos escuros e costeletas que alcançam a área das bochechas também reclama dessa característica. Nesses casos, a depilação acaba com os pelos e deixa o rosto mais limpo. Na hora de se livrar deles, técnicas como depilação a linha ou com cera são eficazes. Elas retiram os fios pela raiz. Já o laser age melhor em pelos grossos, por isso, se a penugem for rala, pode não apresentar bons resultados.

Outra preocupação feminina constante é com os pelos nos mamilos. Como costumam ser poucos, mas estremamente masculinos, fica fácil retirar com pinça. Há quem prefira retirar com outros métodos, como com a cera ou aparar com a tesourinha de unhas.

Os homens não ficam de fora e também estão propensos a mostrar pelos inconvenientes. É cada vez mais comum que façam depilação para exibir uma pele lisa. "O padrão estético mudou, tanto no cinema e TV quanto nas ruas. Eles querem ficar mais depilados do que há alguns anos. O que me chamou mesmo a atenção foi que recentemente assisti a um filme da série "007" da época do Sean Connery e do Pierce Brosnan. Ambos com o tronco cabeludo. Agora, o Daniel Craig aparece todo depilado", comenta a dermatologista Paula Raso.

Para aderir à moda, eles procuram depilar áreas como orelhas, narinas, dedões dos pés, pescoço, ombros e dorso, além dos tradicionais serviços de retirada de pelos no peitoral, braços, barba e pernas. Como os pelos masculinos são mais grossos, vale a pena retirá-los com cera quente, depiladores elétricos ou laser. Para os que não querem sentir desconforto, a lâmina é uma opção, mas como não acaba com os fios desde a raiz, acaba sendo necessário usá-la com maior frequência.

Fonte: EGO