Dinheiro tem efeito afrodisíaco nas mulheres

Pesquisa mostra que elas sentem mais prazer com parceiros ricos

 A dupla homem feio e mulher deslumbrante sempre foi motivo de muitas piadas, não raro envolvendo a conta bancária dele. A Ciência, no entanto, acaba de comprovar que há mais do que interesse financeiro envolvido nessa história: a escolha, segundo revela uma pesquisa recém-concluída, tem a ver com o nível de satisfação delas na cama.

Após acompanhar a vida conjugal de mais de 1.500 mulheres, todas comprometidas, os médicos descobriram que o prazer sexual feminino cresce quando elas se relacionam com homens considerados mais ricos.

A diferença social, portanto, teria efeito afrodisíaco, provocando orgasmos mais frequentes - a fortuna deixa para trás quesitos como beleza e atratividade, por exemplo. Mas, de acordo com a psicóloga Marcia Ati, alcançar o orgasmo envolve fatores além da situação financeira. "O segredo está na nossa cabeça.

As causas da dificuldade da mulher em atingir o clímax são psicológicas, e não físicas, na maioria dos casos. Para chegar lá, é preciso aprender, antes de tudo, a não se cobrar tanto. Pensamentos e preocupações como tenho de conseguir" ou "o que há de errado comigo?" só atrapalham , explica a especialista.

Fonte: minhavida, www.minhavida.com.br