Núbia Óliiver reage: "É melhor mostrar barriga de lipo do que com gordura"

A modelo, que se curou da Síndrome do Pânico, avisou que cansou de ficar parada e agora quer divulgar a sua imagem.

Não foi à toa que a modelo Núbia Óliiver posou com a barriguinha à mostra no cruzeiro ?É o amor?, de Zezé Di Camargo e Luciano. A imagem, aliás, provocou discussões criticando a plástica que ela fez no local. Depois de lutar contra a Síndrome do Pânico que a deixou longe dos holofotes durante um ano, Núbia quer voltar a bombar sua imagem.







Até maio ela vai lançar uma linha de lingerie e roupas de ginástica para mulheres sedentárias, acima do peso. ?Os manequins vão do 46 ao 54. É cada bojo de sutiã enorme! E as estampas são inspiradas nas paisagens da minha fazenda em Uberaba, Minas Gerais?, contou ela, que chegou a engordar 33 kg quando engravidou da única filha, Anne, de 9 anos. "É uma coleção para as mulheres sedentárias vestirem".

Núbia só conseguiu superar a doença com a ajuda médica. A síndrome foi ocasionada graças ao estresse diário da modelo, que precisava dar conta da criação da filha, na época com 7 anos, dos compromissos profissionais e da administração da fazenda. Na ocasião, ela ficou amedrontada, sem conseguir atravessar túneis e viajar de avião e navio. ?Aos poucos, estou parando os ansiolíticos que tomei durante um ano. Hoje me sinto curada. Há três meses que não tive mais crise. Agora quero tocar meus projetos?.

Na busca para aparecer na mídia, o cuidado com o Corpo é fundamental. Para isso, Núbia não mede esforços para exibir sua forma física, moldada com ajuda de musculação, corrida, treinos funcionais e plásticas. Ela diz que por causa dos quilos extras adquiridos na gestação da filha, precisou fazer uma abdominoplastia na barriga e um retoque nos seios, que já traziam próteses de silicone. A lipoaspiração também é uma velha conhecida da modelo, que já se submeteu a técnica nas pernas e na cintura mais de uma vez. ?Tentei também um preenchimento nos lábios, mas acho que o produto não era de boa qualidade e não funcionou. Acho que precisamos usar o que a tecnologia nos oferece. Sou a favor da plástica para me sentir bonita e tenho um cirurgião plástico ótimo!?.

Acima do peso

Com um peso acima do que teve ao longo da vida ? ela pesa 69 kg para 1,67 m - graças a retenção de líquido provocada pelo uso de remédios para combater a Síndrome do Pânico, Núbia não pensa em emagrecer. Sua intenção é ter saúde, avisa. Mesmo assim, gosta de mostrar sua boa forma nas redes sociais para desespero do namorado, um engenheiro que mora em Uberaba. ?Ele não assiste à TV aberta, não sabe quem é famoso e não entendeu porque postei a foto da minha barriga. Mas voltei com tudo. Só que hoje com os pés no chão. É melhor mostrar minha barriga com plástica do que com gordura, flácida?.

Fonte: EGO