Empresa japonesa cria sutiã que só abre com o poder "do verdadeiro amor"

Empresa japonesa cria sutiã que só abre com o poder "do verdadeiro amor"

Peça funciona com sensores de frequência cardíaca

A empresa japonesa de lingerie Ravijour criou um sutiã que só pode ser aberto ?pelo poder do verdadeiro amor?. Como um cinto de castidade, só que para os seios da mulher, o sutiã funciona através de sensores escondidos que detectam a frequência cardíaca da usuária. Quando os batimentos sobem muito, as molas do sutiã são abertas. As informações são do The Gloss.

Com esse mecanismo de funcionamento, fica a dúvida se o sutiã se abrirá diante de um susto ou de alguma situação que faça a frequência cardíaca subir, como, por exemplo, uma reunião de trabalho mais importante.

Fonte: Terra