Estilista dá dicas de como ficar sexy sem ser vulgar no carnaval

Estilista dá dicas de como ficar sexy sem ser vulgar no carnaval

Decotes devem ser evitados com fendas e maquiagens fortes.

Na hora de escolher a fantasia para curtir o carnaval, uma das maiores preocupações das mulheres é estar sexy sem ser vulgar. Pensando nisso, o G1 pediu ao estilista Roberto Santos para visitar uma loja de festas na região da Rua 25 de Março, no Centro de São Paulo, e dar algumas dicas. A modelo Ana Paula Minerato, musa da Gaviões da Fiel, provou as opções montadas por Santos.

Segundo o estilista, que é também conhecido por se transformar na drag queen Robytt Moon, antes de qualquer coisa a pessoa precisa ter em mente o quanto pode gastar. ?Em lojas há milhões de informações. Então, tem que escolher as informações que se adaptem ao bolso, ao corpo e à idade da mulher. Não adianta uma senhora usar uma fantasia que fica melhor em uma moça jovem?, diz o estilista.

Outra dica de Santos é evitar o exagero. ?A regra do bom senso é nunca usar mais de uma arma para matar um alvo só. Você poderia estar muito bem vestida com um decote. Mas já acho demais um decote e uma fenda. É carne demais à mostra?, diz.

Porém, mesmo o uso do decote deve ser bem analisado. ?Geralmente toda mulher gosta de decote, só tem que ter um pouco de bom senso para não deixa uma lingerie à mostra em um baile onde tem criança e idoso. Não vai ser bem visto?, diz o estilista.

A maquiagem também deve ser bem pensada. ?Maquiagem ajuda, mas maquiagem demais em um lugar que não precisa torna a pessoa vulgar, atrapalha. Então, aconselho uma maquiagem leve com um decote razoável para não ficar apelativo?, continua Santos. Além disso, ele destaca que festas de carnaval costumam ser quente, então a maquiagem em excesso pode ficar muito borrada com o suor.

Conforto e escolha da fantasia

Segundo Santos, uma boa dica para se manter sensual é pensar no conforto no momento de comprar a fantasia. ?No quesito sapatos, por exemplo, é bom deixar frisado que depois de um tempo começa a incomodar. Sapato muito alto escorrega em salão e também não é indicado para carnaval de rua por causa dos buracos e do asfalto. Melhor optar por algo confortável?, aconselha o estilista.

Santos também afirma que é bom ficar atento ao acabamento das fantasias, pois alguns não são muito bons e podem machucar. Quanto à escolha das peças, a imaginação pode ser exercitada livremente ? desde que a pessoa siga a regra do bom senso, já comentada pelo estilista. ?É bom respeitar a sua faixa etária. Já vi senhoras vestidas de coelhinha da Playboy, não fica legal?, disse.

As fantasias que são feitas para deixar o corpo mais visível, como de índio ou de odalisca, podem ser usadas com peças de baixo mais adequadas, como uma regata e um short jeans, para não ficarem muito vulgares. Diversos acessórios podem ser usados para deixar as fantasias mais bonitas, como perucas e colares.

Fonte: G1