Ex-BBB Fernanda Keulla fala da relação com sua stylist: "Me ajuda"

Desde que saiu vencedora do

Desde que saiu vencedora do "Big Brother Brasil 13", Fernanda Keulla deu uma repaginada no visual. Recentemente, o estilo da advogada tem ficado cada vez mais elegante. Segundo ela, a mudança é obra do stylist Tidi Alves. "Ele é que me dá toda essa orientação. Me ajuda a montar looks com o que tenho no armário e com as peças que ganho. O Tidi me ajuda até em termos de postura e modos, é uma consultoria tanto de comportamento quanto de moda", contou ela em entrevista ao EGO, nos bastidores da sessão de fotos que fez para a campanha "Cabeleireiros contra a Aids", parceria da UNESCO e L"Oréal.

Na hora de fazer compras, a ex-BBB explica que costuma fotografar as peças de que gosta e enviar pelo celular para o stylist opinar. "A gente trabalha da seguinte maneira: não sou uma pessoa consumista e nem tenho a necessidade de ter um armário abarrotado de peças, então a gente procura focar na compra de peças curingas, como um blazer preto, por exemplo. Peças que sempre serão úteis para mim, independentemente das tendências ou modismos, até porque é um equívoco pensar que se gastando muito é que a gente se torna bem-vestido", diz ela.

Fernanda afirma que a grande mudança pós-BBB é que, agora, tem orientação sobre como combinar o que quer usar. "Hoje tenho a oportunidade de ser orientada, então sei conjugar as peças de uma maneira mais adequada, foi isso que mudou. Não tirei nada do meu armário nem deixei de usar as coisas que gosto. No meu dia a dia, me considero uma pessoa mais básica, mas quando tenho um evento ou algo que me exige mais, aprendi a combinar as peças de maneira adequada, sem ficar over ou exagerado".

"Quero pesar 60kg"

Além do estilo mais elegante, a silhueta de Fernanda também está mais fina. "Resolvi dar uma secada porque, quando engordo, meu rosto fica inchado e o braço mais gordinho. E, vou ser bem sincera, ainda não cheguei na minha meta, quero pesar 60kg. Então, faltam dois quilos. Com a minha correria não consigo ter uma rotina de treinos e é do que sinto mais falta, porque antigamente conseguia ter uma rotina e ir à academia de segunda a sábado. Hoje em dia, consigo ir duas vezes na semana, mas é muito relativo. Então, procuro segurar bastante na alimentação e comer apenas coisas saudáveis", explica.

Fonte: EGO